sexta-feira, 9 de novembro de 2018

José Águas - Uma verdadeira lenda benfiquista

Por Lucas Paes

O confronto contra Águas não costumava terminar bem para os goleiros

O Benfica é um dos maiores clubes da Europa, ainda que seus tempos recentes façam-se haver dúvidas deste fato. Assim como os rivais do Porto, os Encarnados tem uma história que ultrapassa por muitos os limites portugueses, já que na década de 1960, os benfiquistas tiveram um dos times mais brilhantes da história do futebol mundial. O time que marcou época e revelou ao mundo Eusébio, tinha, durante parte deste tempo, um líder nato e tão perigoso e artilheiro quanto o Pantera: o atacante José Águas, que completaria 88 anos neste dia 9.

Nascido em Luanda, capital de Angola que na época era ainda então uma colônia lusitana, Águas chegou a trabalhar como datilógrafo numa empresa concessionária da Ford em Lobito, passando a jogar pelo time da firma e sendo chamado pelo Lusitano, time da cidade. Torcedor fanático do Benfica desde "miúdo", como dizem em Lisboa, acabou tendo, em 1950, a chance de enfrentar o seu time de coração num amistoso em terras africanas. O Lusitano venceu por 3 a 1, dois gols de Águas, que instantaneamente chamou a atenção dos dirigentes encarnados. Chegou a receber um convite do Porto, mas acabou acertando com seu time de coração, após um imbróglio com o serviço militar.

Chegou em Lisboa em 18 de Setembro de 1950. Estreou diante do Atlético de Portugal, num jogo que terminou empatado. Na segunda partida sua pelo clube, quatro gols numa goleada por 8 a 2 pra cima do Braga. Era apenas o início de uma das mais brilhantes histórias do ludopédio luso. Pois a relação entre o "Cabecinha D'Oiro" e o gol era intima, perfeita e invejável. Incontáveis vezes levou os torcedores encarnados a máxima vibração, seja onde fosse. Seu espírito de liderança fez com que rapidamente se tornasse o capitão encarnado. Seria ele o responsável por levantar as taças das maiores conquistas da história do alvirrubro lisboeta.

Suas atuações fizeram eco na Europa no ano de 1961. A Águia finalmente alçava voos mais longos pelo velho continente e Águas foi parte crucial da primeira conquista européia benfiquista. Foram 11 gols do matador lusitano, artilheiro da competição. Na final, diante do Barcelona de Kocsis e cia, marcou o primeiro gol da vitória por 3 a 2. Ao final do jogo, foi responsável por levantar a primeira taça européia dos encarnados.

Tinha intima relação com o gol

Nessa época, já se formava uma das duplas mais mortais que o futebol viu atuar. Chegava ao Benfica um tal de Eusébio, que ao lado de Águas fez um dos mais mortais esquadrões que o futebol já viu. Se a Liga dos Campeões escapou em 1961, ela voltou a vir em 1962. Com 6 gols de Águas na competição e outros cinco de Eusébio, a dupla consumou mais uma conquista continental para os encarnados. Na vitória por 5 a 3 sobre o Real Madrid na final, Águas marcou novamente, mas o destaque foi de seu "herdeiro" Eusébio, que marcou dois gols e acabou com os defensores espanhóis.

Aqueles eram as últimas passagens das lendas com a camisa encarnada. Em 1963, acabou não jogando a final onde o Benfica foi derrotado pelo Milan, numa opção do técnico chileno Fernando Riera. Ao fim da temporada 1962/1963, despediu-se dos encarnados com o peso de 378 gols em 379 jogos com a camisa vermelha. Naquela altura, o maior artilheiro e jogador da história do time. Seria ultrapassado nos números por Eusébio, que divide o trono da monarquia benfiquista com Águas.

Também jogou pela Seleção Portuguesa, onde marcou 11 gols em 25 jogos, numa época onde os lusos estavam longe de ser a equipe que é respeitada como é hoje. Ainda passou pelo Austria Viena antes de se aposentar, na temporada seguinte. Deixou o plano dos mortais para morar no plano dos eternos em 10 de dezembro de 2000, sendo para sempre lembrando nos corações, cérebros e sentimentos da torcida do Benfica.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações