sábado, 27 de outubro de 2018

Santos "engrena" no fim e bate o Fluminense

Com informações do site oficial do Santos FC
Fotos: Ivan Storti/Santos FC

Gabriel, de pênalti, abriu o marcador já no segundo tempo

Em estreia do seu novo 3º uniforme, o Santos Futebol Clube recebeu na Vila Belmiro a equipe do Fluminense, neste sábado (27), em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu pelo placar de 3 a 0. Mesmo com primeiro tempo muito truncado, marcado por duas defesas muito bem postadas, na segunda etapa o Peixe partiu com tudo para cima do adversário e foi premiado com os gols do artilheiro Gabriel, de pênalti, de Victor Ferraz, após grande cruzamento de Bryan Ruiz, e do uruguaio Carlos Sánchez.

Pouca criatividade e muitas bolas espirradas marcaram a primeira etapa deste importante duelo que, em caso de vitória, aproximaria o Peixe do grupo que hoje se classificaria para a próxima Conmebol Libertadores. O primeiro e único lance de perigo dos 45 minutos iniciais saiu aos 8 dos pés de Fernando Neto, que chutou forte e obrigou o goleiro Vanderlei a fazer a primeira grande defesa do jogo. Embora com 64% de posse de bola, o Santos FC não conseguiu armar ataques efetivos por conta da defesa bem postada do clube carioca.

Na segunda etapa, no entanto, o Peixe voltou com postura muito mais ofensiva, pronto para decidir. Logo aos 2 minutos, Sánchez cobrou escanteio e Lucas Veríssimo cabeceou no cantinho, obrigando Rodolfo a se esticar inteiro para tirá-la. No lance seguinte, Rodrygo recebeu de Gabriel pela esquerda e cabeceou forte, com Rodolfo fazendo outra grande defesa. A bola ainda bateu no travessão.

Aos 17 minutos, mais uma chance perigosa criada pelo Peixe: Rodrygo recebeu cara a cara com o goleiro e chutou firme, mas Rodolfo novamente apareceu para operar uma grande defesa. Minutos depois, Victor Ferraz cruzou na cabeça de Sánchez que completou forte. Frazan, bem posicionado, de cabeça acabou tirando de Rodolfo e do rumo certo que ela tinha.

Depois de muito pressionar, aos 36 minutos Alex errou no posicionamento e cometeu pênalti em cima de Gabriel. O artilheiro do Campeonato Brasileiro foi para a cobrança e anotou não apenas o seu 16º no Brasileirão, mas principalmente o gol de número 12.500 da história do Santos Futebol Clube. Com a porteira aberta, o Santos FC não parou por aí: três minutos depois, após grande cobrança de falta de Bryan Ruiz, Victor Ferraz apareceu como quem não quer nada e cabeceou sem chances para Rodolfo. E um minuto depois, Carlos Sánchez aproveitou contra-ataque e fechou o marcador na Vila Belmiro: 3 a 0 para o embalado alvinegro praiano.

Com o resultado, o Peixe chega aos 46 pontos e cola no G-6 do Campeonato Brasileiro, empatado com o 6º colocado Atlético-MG que tem os mesmos 46. O próximo jogo do alvinegro praiano pelo Brasileirão será contra o Palmeiras, no próximo sábado, dia 3 de novembro, fora de casa. Já o Fluminense, no mesmo dia, faz o clássico contra o Vasco, no Maracanã.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações