quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Em 8 de agosto de 1932, nascia o eterno capitão Zito

Com informações do site oficial do Santos FC

Zito foi um dos jogadores que mais vestiu a camisa do Santos FC (foto: arquivo Santos FC)

José Ely Miranda, o Zito nasceu no dia 8 de agosto de 1932, período em que a Revolução Constitucionalista de São Paulo vivia o seu esplendor em terras próximas ao Vale do Paraíba. Foi na hoje cidade de Roseira, que pertencia ainda cidade de Aparecida, que ele veio ao mundo, para se tornar o seu filho mais ilustre.

Zito, considerado como o melhor médio volante do futebol brasileiro em todos os tempos, teve sua primeira partida com a camisa do Santos FC no dia 29 de junho de 1952, em partida amistosa na Vila Belmiro, na vitória diante do Madureira (RJ) pelo placar de 3 a 1 com gols de Hugo (2) e Tite. O alvinegro formou com: Manga; Hélvio e Pascoal; Nenê, Formiga e Zito; Cento e nove, Antoninho, Nicácio, Hugo (Alemão) e Tite. O técnico era o conceituado Aymoré Moreira.

Depois dessa estreia, Zito jogou pelo Santos FC mais 726 partidas, marcando 57 gols. O jogo em que se despediu dos gramados aconteceu no dia 07 de novembro de 1967, na goleada frente ao Combinado Fortaleza/Ferroviário no Presidente Vargas, no estado do Ceará por 5 a 0. Nessa jornada Zito foi substituído por Negreiros, mas quem o sucedeu em definitivo honrando a posição de guardião da defesa santista usando a camisa 5, foi o seu herdeiro não só no Santos como também na Seleção Brasileira: o jovem Clodoaldo Tavares Santana.

No selecionado nacional Zito foi bicampeão mundial em 1958 e 1962, jogando com a amarelinha 50 partidas e marcando 3 gols. No Peixe o grande líder e capitão, conquistou os seguintes títulos:

Campeão Mundial nos anos de 1962/1963
Campeão Sulamericano nos anos de 1962/1963
Campeão Brasileiro nos anos de 1961 a 1965
Campeão do Torneio Rio-São Paulo nos anos de 1959/1963/1964 e 1966
Campeão Paulista nos anos de 1955/1956/1960/1961/1962/1964/1965 e 1967

Curiosidade - Uma das homenagens que muito o emocionou foi ter recebido da prefeitura de Pindamonhangaba, cidade vizinha a sua Roseira, no Vale do Paraíba, a honra de se perpetuar na história local com seu nome no Centro Esportivo José Ely de Miranda. Homenagem justa e merecida ao grande jogador, eterno na lembrança dos torcedores do Alvinegro da Vila Belmiro. Em frente ao Estádio Urbano Caldeira foi construída uma estátua em sua homenagem, inaugurada no ano de 2017.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações