quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Eliminação do Santos na Libertadores deve piorar situação do presidente Peres

Por Lula Terras

Punição ao Santos na Libertadores complicou ainda mais a situação do mandatário do Santos
(foto: divulgação Santos FC)

Terminado, mais um capitulo triste na vida do Santos FC, que vem vivendo um inferno astral, desde a posse da atual diretoria, comandada por José Carlos Peres, que está cada vez mais enfraquecido, diante do Conselho Deliberativo, onde foram registrados três pedidos de impeachment. Com esta eliminação na Libertadores, pelas circunstâncias que ocorreram, a situação do presidente tende à piorar. Ele terá pouco tempo para reverter o quadro, já que tem contra si, muitos torcedores, associados e parte do Conselho Deliberativo, onde deverão ser votados, no próximo mês, os pedidos de impeachment. 

Acredito que, o Peres, se quiser se manter no cargo, além de tentar provar que os pedidos não tem fundamento, ele terá que tomar uma medida mais radical, ou seja, levar adiante a ameaça de ir até às últimas conseqüências para rever os direitos do Santos, que foram tomados neste processo envolvendo o Independiente, da Argentina e a Conmebol. 

Na minha opinião esse esquema foi orquestrado, para garantir a continuidade do time argentino na competição, em detrimento do Santos, que se mostrou de um amadorismo irritante, daí a necessidade do presidente Peres buscar uma solução imediata que melhore sua imagem e impeça sua queda do comando santista. 

Peres terá que provar, nos órgãos superiores, que a Conmebol e o Independiente agiram de má fé, ao ignorar a publicação na página do COMET, da própria Entidade, a ficha de Carlos Sanchez, como não tendo punições a cumprir, portanto apto para jogar. Se conseguir provar isso, creio que o ainda presidente poderá ganhar uma sobrevida no comando do Santos, se não conseguir, dificilmente escapará da punição máxima, ou seja, seu afastamento da direção do clube. 

Caso a situação chegue a este ponto, outra preocupação é a forma da escolha do sucessor, se for o vice-presidente Orlando Rollo, ou a formação de uma junta diretiva, com a responsabilidade de organizar uma nova eleição, enfim, são situações a serem debatidas, posteriormente.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações