sábado, 21 de julho de 2018

Vitória 5 x 4 Vasco - Em 1999, jogo "louco" pelas quartas do Brasileirão

Com informações do site oficial do EC Vitória

Tuta marcou um dos gols do Leão da Barra na partida (foto: Manu Dias/O Correio)

O Campeonato Brasileiro até 2002 não era realizado no formato de pontos corridos. Ou tinha mata-mata ou várias fases de grupos até se definir os dois finalistas. Em 1998 e 1999 foi feito a eliminatória no sistema play-off, com três jogos. Algumas destas partidas entraram na história do futebol brasileiro como a que aconteceu no dia 19 de novembro de 1999, no Barradão, em Salvador, nas quartas de final do Brasileirão daquele ano: Vitória 5, Vasco da Gama 4.

Vitória e Vasco sempre travaram jogos que merecem placas comemorativas. Mas aquele de 1999 abusou. Na época, o mata-mata era decidido numa melhor de três e o Leão só jogaria uma vez no Barradão. Com dez minutos de jogo, o Vitória já perdia por 2 a 0, com dois gols de Viola, em pleno santuário. “Lembro que eu estava com uma ressaca miserável no dia, mas, mesmo assim, fui para o jogo. Começamos tomando pau e eu me arrependendo de ter saído de casa. No final, foi um dos jogos mais fantásticos que já fui. E olhe que vou em todos os jogos”, lembra o torcedor Alexandro Ribeiro, também historiador do clube.

A virada veio a galope. Com gols de Artur, Fernando e Tuta, todos no primeiro tempo, o Leão virou com 39 minutos de espetáculo. O problema é que Donizete, aos 46 minutos da etapa inicial, deixou tudo igual. No segundo tempo, o Vitória voltou a ficar na frente com Fernando, mas Donizete igualou. Eis que, aos 21 minutos do segundo tempo, novo pênalti para o Leão. Naquele momento, o ouvido do Senhor do Bonfim coçava de tantas promessas rubro-negras. Fernando bateu e converteu o terceiro na conta pessoal, o quinto dos baianos.

Para completar o dia histórico, o Vasco ainda teve um pênalti a seu favor. Mais promessas atendidas. Juninho bateu, mas Fabio Costa defendeu. Era gente jogando cerveja pra cima, querendo ficar nu na arquibancada… Depois daquele dia, nunca mais o confronto entre Vitória e Vasco foi visto com os mesmos olhos. Virou clássico!

“Naquele jogo, fizemos nascer muitos rubro-negros. Muitos jovens me falam hoje que passaram a torcer pelo Vitória depois deste jogo inesquecível. O jogo, por si só, conta a adrenalina que jogadores e torcedores passaram naquele dia. Lembro que, mesmo ainda tendo mais dois jogos, comemoramos aquela vitória como a classificação para as semifinais. Impagável”, lembra Fernando, autor de três gols no jogo.

Na sequência, o Vitória empatou os dois jogos seguintes, por 2 a 2 e 1 a 1, ambos em São Januário. Os resultados garantiram o Vitória nas semifinais do Brasileirão daquele ano, mas não conseguiu passar pelo Atlético Mineiro, que fez a final com o Corinthians, que conquistou o bicampeonato.

Confira o jogo completo (Imagens: Rede Globo)

Ficha Técnica
VITÓRIA 5 X 4 VASCO

Data: 14 de novembro de 1999
Local: Estádio do Barradão - Salvador-BA
Público: 21.101 pagantes
Renda: R$ 188.634,00
Árbitro: Oscar Roberto Godói
Assistentes: Valter José dos Reis e Francisco Rubens Feitosa

Cartões Amarelos
Vitória: Cláudio e Preto
Vasco: Mauro Galvão e Nasa

Gols
Vitória: Artur, aos 13', Fernando, aos 35', e Tuta, aos 39' do 1º tempo. Fernando, aos 10' e aos 21' do 2º tempo.
Vasco: Viola, aos 6' e aos 10', e Donizete, aos 46' do 1º tempo. Donizete, aos 15' do 2º tempo.

Vitória: Fábio Costa; Rodrigo, Moisés, Eloy e Leandro; Baiano, Tácio, Fernando (Pedro Paulo) e Artur; Tuta e Cláudio - Técnico: Toninho Cerezo.

Vasco da Gama: Carlos Germano; Maricá, Odvan, Mauro Galvão e Felipe; Amaral (Paulo Miranda), Nasa (Fabiano), Juninho e Ramon Menezes (Alex Oliveira); Donizete e Viola - Técnico: Antonio Lopes.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações