quarta-feira, 18 de julho de 2018

Se não ama, ao menos respeite!

Por Felipe Saúda

Dudu não gostou do Palmeiras ter rejeitado a proposta do Mundo Árabe por ele
(foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

A Copa do Mundo nem bem acabou e já temos a primeira polêmica no futebol brasileiro. Após um mercado agitado, em que vários atletas deixaram o país, principalmente rumo ao Mundo Árabe, um deles quis trilhar o mesmo caminho, mas não conseguiu. 

O Palmeiras recebeu uma proposta generosa para negociar o atacante Dudu com o futebol chinês. Após ter vendido Keno, outro atleta importante do elenco e que atuava na mesma faixa de campo, o Palmeiras, em situação financeira estável, se deu ao direito de recusar a proposta. 

Pronto! Foi o estopim para que Dudu fosse mais um, dentre os vários jogadores mimados espalhados pelo mundo, a demonstrar o seu descontentamento publicamente. "Feliz ou não, é a lei da vida. Seguir em frente com a cabeça erguida. Superando tudo que está por vir", disparou o atleta em uma de suas redes sociais. 

A verdade é que Dudu não é o primeiro, e não será o último jogador ao fazer biquinho para forçar uma saída do clube. Quem não se lembra de Robinho, sumindo dos treinos do Santos em 2005, praticamente obrigando o clube a vende-lo ao Real Madrid? 

O fato é que aqui no Brasil, os jogadores recorrem a esse expediente porque sabem que os clubes estão quebrados, e portanto, por mais que seus dirigentes se esforcem, vender é necessário. Porém, para azar de Dudu, o Palmeiras, clube que ele defende com muito vigor desde 2015, está longe de ter de se desfazer de atletas para pagar dividas. 

Sabemos que há décadas os jogadores não atuam mais por amor a camisa. Talvez Rogério Ceni tenha sido o último dos moicanos. Mas ao menos o profissionalismo tem de ser mantido, e mais do que isso, deve ser cobrado, não só pelos dirigentes dos clubes, como pelos torcedores, e principalmente por nós da imprensa. 

Vivemos em uma era de muitas dificuldades financeiras para os clubes do futebol brasileiro. Muitos dirigentes, às vezes fazem verdadeiras loucuras, que também são atitudes reprováveis, para manterem seus times. Mais do que isso, os clubes do futebol brasileiro estão entre as maiores instituições futebolísticas do mundo, muito acima de qualquer novo rico árabe ao chinês. 

Por isso, senhor Dudu e seus outros coleguinhas mimados que fazem onda para forçar suas saídas de seus clubes, tenham mais respeito. Porque se você não ama as cores do clube que defende, pelo menos as respeite. É o mínimo que se espera de um profissional bem remunerado em relação ao seu empregador.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações