quinta-feira, 19 de julho de 2018

Santos e Palmeiras ficam no empate em jogo cheio de cartões pelo Brasileirão

Por Lucas Paes
Fotos: Ivan Storti/Santos FC

Santos e Palmeiras empataram no Pacaembu

A volta da Copa do Mundo foi com empate para Santos e Palmeiras. Na noite desta quinta, no Estádio do Pacaembu, alvinegros e alviverdes empataram o clássico por 1 a 1, pelo Brasileirão de 2018, em um jogo que teve dez cartões, muitas faltas e, além disso tudo, gols e chances de mudança do placar. No fim das contas, o resultado não foi satisfatório para nenhum dos dois lados.

Antes da pausa, a última partida do Santos havia sido uma vitória diante do Fluminense, fora de casa, no Maracanã, num jogo fraco onde o Peixe venceu graças a estrela de Bruno Henrique. Já o Palmeiras vinha de empate contra o líder Flamengo, fora de casa, em um jogo agitado e com duas expulsões. 

O Peixe até chegou no começo, quando David Braz cabeceou perigosamente por cima do gol. Porém, mal deu tempo do Santos respirar depois e o Palmeiras abriu o marcador: em rápido contra-ataque puxado por Willian, que deu belo passe para o camisa 20 palmeirense avançar para dentro da área e bater na saída de Vanderlei para botar o Verdão na frente. Lucas, inclusive, tomou amarelo por provocar a torcida do Santos. O meia estava pendurado e não joga contra o Galo. O time da casa só voltou a oferecer perigo depois de cinco minutos, com uma cobrança de falta de Jean Motta que passou por cima do gol de Weverton. 

O jogo a partir daí ficou truncado, com o Santos jogando para Rodrygo tentar criar algo e o Palmeiras parando o craque santista na pancada. Poucas chances eram criadas e deu tempo até pra Alison também entrar na roda dos cartões e na dos suspensos pro próximo jogo. Só foi rolar alguma chance de gol aos 28', quando Hyoran acertou um chute forte que obrigou Vanderlei à fazer boa defesa. Pouco depois, foi a vez do Santos quase chegar, em cabeçada de Eduardo Sasha em que o santista não conseguiu completar para as redes.

Aos 33', o Alvinegro Praiano voltou a tentar, em chute de longe de Gabigol que foi para fora. O jogo começou a ficar agitado (e mais pegado) na parte final, com Alison também tentando de longe e Gustavo Scarpa fazendo boa jogada, mas finalizando mal para o lado alviverde. Aos 39', Gabigol achou Bruno Henrique na área, mas a cabeçada do atacante santista não achou ninguém na área. A grande chance porém, veio em jogada rápida de Lucas Lima e Willian, que terminou com Gustavo Henrique tirando o chute sem goleiro de Hyoran em cima da linha e Lucas Lima parando em Vanderlei no rebote. Depois, ainda deu tempo de uma confusãozinha, quando Rodrygo cometeu falta em Lucas Lima e gerou um furdúncio generalizado, antes de acabar o primeiro tempo.

Gustavo Henrique fez o gol de empate do Santos

Na etapa final, a primeira chance foi do Palmeiras, que chegou em chute perigoso de Hyoran. O jogo continuou pegado no segundo tempo, com clima de animosidade intenso entre as duas equipes. Depois de pedir pênalti em disputa na área aos 8', Gabigol deu o primeiro chute alvinegro na segunda parte do jogo, mas a bola foi fácil para Weverton. Aos 18', foi a vez de Jean Motta tentar e chutar por cima do gol. O jogo seguiu disputado e corrido, aos 26', Scarpa arriscou de longe, mas a bola também passou por cima do gol de Vanderlei.

A insistência santista no campo de ataque enfim gerou resultado aos 29', quando Victor Ferraz cruzou para a área, Antônio Carlos afastou, a redonda passou pelas cabeças de Dodô e Felipe Melo antes de explodir no travessão e sobrar limpa para Gustavo Henrique empatar o jogo. Explosão santista no Pacaembu. Pouco depois, Gustavo teve outra chance após cobrança de escanteio, mas cabeceou para fora. 

O Peixe teve outra chance aos 36', quando Yuri Alberto recebeu bom cruzamento, mas cabeceou fraco, sem sofrimento para Weverton. Três minutos depois, porém, um chute aparentemente pouco perigoso de Jean Motta quicou no gramado e obrigou o goleiro palmeirense à fazer a defesa de peito. A partir daí o jogo esfriou, porém no final o Palmeiras fez pressão e quase chegou a vitória. Primeiro, aos 44', Bruno Henrique chutou bem e obrigou Vanderlei à fazer uma defesaça. Pouco depois, o arqueiro santista fez outro milagre em tentativa de cabeça de Deyverson. Depois, já no apagar das luzes, Marcos Rocha cobrou lateral para a área e Jean, livre, acertou a trave. O placar acabou terminando em igualdade, apesar das tentativas alviverdes no finalzinho.

Na próxima rodada, o Peixe pega a Chapecoense, na Arena Condá, no domingo, as 19 horas. O Verdão joga no mesmo dia, porém as 16 horas, em casa, contra o Galo.

Ficha Técnica
SANTOS 0 x 1 PALMEIRAS

Data: 19 de Julho de 2018
Estádio: Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) - São Paulo/SP
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva
Assistentes: Hélcio Araújo Neves e Heronildo Freitas da Silva

Gols
Santos: Gustavo Henrique, aos 29' do segundo tempo
Palmeiras: Lucas Lima, aos 5' do primeiro tempo

Cartões Amarelos
Santos: Alison, Jean Motta, Rodrygo, Léo Cittadini.
Palmeiras: Lucas Lima, Felipe Melo, Deyverson, Antônio Carlos, Hyoran , Scarpa.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Dodô; Alison (Léo Citadini), Jean Motta; Rodrygo (Yuri Alberto), Sasha (Copete), Gabigol e Bruno Henrique  - Técnico: Jair Ventura

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Diego Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima (Artur); Scarpa, Hyoran (Jean) e Willian  - Técnico: Roger Machado
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações