quinta-feira, 26 de julho de 2018

Rodrigo "Beckham" no Everton

Por Victor de Andrade

Depois de apenas quatro jogos, lesão no joelho atrapalhou Rodrigo "Beckham" no Everton
(foto: divulgação Everton FC)

O clube inglês Everton, da cidade de Liverpool, anunciou esta semana a contratação do atacante Richarlison, ex-Fluminense, que já atuava no futebol britânico, mais precisamente no Watford. Porém, a primeira experiência do Elefante com jogadores brasileiros não foi tão positiva: em 2002, o meia Rodrigo "Beckham" foi uma das contratações da equipe.

Revelado pela Portuguesa Santista em 1997, Rodrigo teve uma passagem apagada pelo Guarani antes de ser o destaque do Gama no título da Série B de 1998. Isto chamou a atenção do Botafogo que o contratou para a temporada de 1999. No Fogão, teve uma boa fase, principalmente com gols de bola parada e fora da área. Isto, somado a aparência, fizeram com que ele ganhasse a alcunha de "Beckham", o famoso jogador inglês.

Em 2002, Rodrigo "Beckham" foi emprestado ao Atlético Mineiro, no primeiro semestre, mas teve uma lesão nos ligamentos do joelho em uma jogada com Jussiê, em um clássico contra o Cruzeiro. Mesmo se recuperando da lesão, aceitou uma proposta do Everton e rumou para a Inglaterra.

Chegou com grande expectativa, já que vinha fazendo seus gols no futebol brasileiro, principalmente por causa de seu chute. Alguns comentaristas que acompanhavam o Everton, na época, diziam que ele e o dinamarquês Tomas Gravensen seriam os atletas mais importantes do clube na temporada.

As boas impressões aumentaram em um amistoso contra o Wrexham, do País de Gales, onde o meia fez uma bela atuação. Porém, não foi o que aconteceu ao início da Premier League, já que o treinador, o escocês David Moyes, o colocou no banco de reservas e pouco entrava nas partidas, dando a entender que vinha perdendo espaço no elenco.

Quando chegou no mês de setembro, Rodrigo Beckham tinha feito apenas quatro jogos pelo Everton, quando o joelho lesionado ainda no Atlético Mineiro voltou a dar problemas. Infelizmente, a lesão no joelho de Rodrigo não foi diagnosticada corretamente no início, levando a uma série de operações mal feitas que comprometeram qualquer chance de recuperação completa.

Ao fim da temporada, Rodrigo voltou ao Brasil, onde passou curtas temporadas no Corinthians, Juventude, Atlético Paranaense e Vasco da Gama, Paraná, Boavista e Fortaleza. Ele encerrou a carreira de jogador em 2010, atuando pelo Red Bull Brasil, e chegou a ser gerente do Boavista
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações