sábado, 28 de julho de 2018

O primeiro título da Copa Libertadores do Grêmio

Com informações do site oficial do Grêmio FBPA
Fotos: arquivo Grêmio FBPA

O capitão Hugo de León levanta a taça antes de se machucar: primeira Libertadores do Grêmio

O Grêmio comemora neste sexta-feira, dia 28 de julho, 35 anos da conquista de sua primeira Copa Libertadores da América. O primeiro título continental não só do Grêmio, como de todo o Rio Grande do Sul. O empate de 1 a 1 no primeiro jogo, realizado em Montevidéu, era o indicativo de que o título estava prestes a ficar no Olímpico e para isso bastava uma vitória simples.

Na noite de 28 de julho de 1983, uma quinta-feira fria de inverno, a torcida gremista lotou o Olímpico Monumental para ver o Grêmio derrotar os uruguaios do Peñarol pelo placar de 2 a 1. E foi uma grande festa da torcida, desde antes de a bola rolar no gramado.

O Tricolor saiu na frente do marcador antes dos 10 primeiros minutos: Casemiro pegou uma sobra de um escanteio e lançou Osvaldo entrando pela esquerda, nas costas da zaga. O meia invadiu a área e chutou cruzado. A bola passaria na frente da meta, mas Caio apareceu de carrinho e mandou para o fundo das redes.

Porém, aos 25 minutos do segundo tempo, Morena empatou para o Peñarol. Este 1 a 1 levava a decisão para um terceiro jogo em campo neutro, que seria em Buenos Aires. A ideia não agradava aos gremistas, que queriam ver a volta olímpica dentro de casa.

Renato era uma das jovens promessas do elenco

Já na base do desespero, aos 32 minutos da etapa final, surgiu o tão esperado gol da vitória: Tarciso cobrou lateral para Renato, no fundo de campo pela direita de ataque. O futuro herói do mundial e do tricampeonato da América levantou a bola e cruzou para a área. César, centroavante que havia entrado em campo para substituir Caio, mergulhou de cabeça e venceu o goleiro Fernandez. Grêmio 2 a 1 e festa no estádio Olímpico.

Pela primeira vez em sua história, o Grêmio chegava ao título continental carimbando o passaporte para a conquista do Mundial no Japão. Esta foi a primeira conquista de Libertadores do Grêmio, que serie vice em 1984, repetiria o título em 1995, com Felipão como treinador, foi segundo em 2007 e conquistaria a taça novamente no ano passado, com Renato Gaúcho comandando a equipe. Já o rival Internacional conquistou a competição nos anos de 2006 e 2010.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações