segunda-feira, 30 de julho de 2018

Depois de muitas conversas, o Santos anuncia Cuca como o novo treinador

Por Lula Terras

Cuca na sua passagem pelo clube em 2008: apenas três vitórias em 14 jogos (foto: Gazeta Press)

Que eu me lembre, não tinha visto em toda a minha vida, como torcedor santista, uma situação como esta. A demorada definição para contratar o treinador para substituir Jair Ventura, que foi demitido na última segunda-feira, dia 23. Finalmente nesta segunda-feira, dia 30, exatamente uma semana depois, a diretoria do clube anunciou o treinador Cuca, que terá a responsabilidade de reerguer o time no Brasileirão, onde ocupa a incômoda 16ª colocação, com o risco de entrar no Z4, caso continue nesta campanha irregular tanto em seus domínios, como nos jogos fora. 

Além do Brasileirão, a partir de agosto, o Santos terá jogos decisivos em outras duas competições, também da maior importância: a Copa do Brasil e a Libertadores da América. O primeiro desafio será já nesta quarta-feira, dia 1°, na Vila Belmiro, contra o Cruzeiro, na partida de ida, válida pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. O jogo de volta será no próximo dia 15, em Belo Horizonte. 

Pelas oitavas de final da Libertadores, o Santos terá como adversário a forte equipe do Independiente de Avellaneda. O jogo de ida acontecerá no próximo dia 21, na Argentina, e o jogo de volta no dia 25, no Pacaembu. 

Esta será a segunda passagem de Cuca, como treinador na Vila Belmiro. Na primeira passagem, em 2008, os resultados não foram dos melhores: ele dirigiu o time em 14 jogos, com três vitórias, quatro empates e sete derrotas. A expectativa agora é que repita o bom trabalho realizado à frente do Palmeiras, Botafogo e Cruzeiro, quando se notabilizou como um dos grandes treinadores brasileiros.

Com Cuca, Santos espera melhorar sua situação no Brasileirão

Cuca também foi atleta do Santos, no início da década de 90, mais precisamente em 1993, atuando como meio campista. Em 46 jogos como jogador, Cuca balançou as redes adversárias em 15 oportunidades, sendo um dos principais atletas do elenco do Peixe naquele ano, principalmente no primeiro semestre.

Nesta nova passagem, o elenco com dois novos reforços e a expectativa da vinda de outros, conforme acenam os dirigentes, mas nada confirmado ainda. Estarão sob o seu comando o meia armador costarriquenho Bryan Ruiz, que veio para suprir a falta de um atleta com as características de armar o time, e também do uruguaio Carlos Sanchez, que pode fazer as funções de volante, meia e até atacante, conforme as necessidades durante as partidas. Ambos participaram da Copa do Mundo, na Rússia defendendo seus países e resta agora esperar como as coisas irão acontecer na Vila Belmiro.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações