segunda-feira, 11 de junho de 2018

Santos terá encontro "Cantos de Futebol - A Copa da Mundo e os Hinos Homéricos"

O futebol tem muito material épico e seus cantos lembram os hinos homéricos

Tendo como inspiração a Copa do Mundo e o universo “dramático” do futebol, o Lobo Estúdio oferece a partir do dia 13, véspera da abertura do Mundial de Seleções, a oficina literária “Cantos de Futebol: A Copa do Mundo e os Hinos Homéricos”. Serão dois encontros, nos dias 13 e 20 de junho, quarta-feira, das 19 às 22 horas.

O objetivo da atividade é fazer os participantes criarem textos poéticos em homenagem a atletas, times e seleções, assim como na era arcaica grega se faziam hinos aos deuses e deusas do Olimpo. Os encontros serão ministrados pelo jornalista e mestre em História Social Alessandro Atanes. Informações pelo telefone (13) 99766-2506. A inscrição vale R$ 50,00.

O objetivo da atividade é fazer os participantes criarem textos poéticos em homenagem a atletas, times e seleções da mesma forma como eram feitos os hinos, em uma época antes mesmo de a poesia ser escrita. Dos hinos ao futebol, a condução é feita pela própria matéria-prima épica e dramática dos esportes. O material épico do futebol é vastíssimo: hinos oficiais e cantos das torcidas, o cerimonial entre capitães, troca de flâmulas, bandeiras e brasões, minuto de silêncio, os grandes jogos e os gols que ficaram na história.

Os 33 Hinos Homéricos que restaram até hoje receberam esse nome por terem sido compostos na mesma estrutura de versos em que Homero compôs a “Ilíada” e a “Odisseia”. “A ideia, para usar uma metáfora do futebol, é adotarmos a estrutura narrativa dos hinos como um esquema tático, uma disposição inicial, uma forma de organizar as jogadas, ficando o drible e a jogada de efeito para a habilidade e o trabalho de cada participante”, comenta Atanes.

Alguns tão antigos quanto a “Ilíada” (Homero viveu em torno do século VIII antes de Cristo), eles eram decorados e cantados de geração em geração, em diversas ocasiões no mundo arcaico, entre as quais festas públicas e privadas, homenagens a deusas e deuses do Olimpo e disputas esportivas, como ainda hoje nas aberturas de grandes eventos como as Olimpíadas.

O jornalista Alexandre Atanes comanda o encontro

Prática - Praticar o estilo dos hinos como experiência de escrita, com suas regras próprias, é uma oportunidade para autores e autoras treinarem outras vozes literárias como um afastamento de si ou mesmo trabalhar o estilo próprio em outra chave de escrita. Para quem tenha por profissão ou necessidade de se expressar por meio da escrita, o exercício colabora para que sejam desenvolvidas estratégias textuais para apresentar uma ideia, conceito ou argumento. “É um treino para a nossa capacidade retórica, útil para debates, currículos e piadas”, comenta Atanes.

Currículo - Alessandro Atanes, jornalista e mestre em História Social, é autor de “Esquinas do Mundo: Ensaios sobre História e Literatura a partir do Porto de Santos” (Facult, 2013). Pesquisa e escreve sobre as relações entre ficção e sociedade. Está à frente da oficina “Conheça Santos por meio da Literatura” e do curso “História e Literatura na América Latina”. Realizou também a oficina “Da memória à ficção: a cidade como ferramenta narrativa”, na qual a matéria-prima foram memórias pessoais dos participantes.

Serviço
Cantos de Futebol – A Copa do Mundo e os Hinos Homéricos
Quando: 13 e 20 de junho (quartas-feiras), das 19 às 22 horas.
Local: Lobo Estúdio, Rua Luiz de Camões, 12, Vila Mathias.
Inscrições e informações: (13) 99766-2506.
Valor: R$ 50,00.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações