quarta-feira, 27 de junho de 2018

Preguinho e o primeiro gol do Brasil em uma Copa do Mundo

Por Lucas Paes

Preguinho, ao centro, fez o primeiro gol do Brasil em uma Copa do Mundo, contra a Iugoslávia

Brasil e Sérvia decidirão nesta quarta-feira, dia 27, uma das vagas do Grupo E da Copa do Mundo de 2018. Será o quinto confronto entre brasileiros e sérvios na Copa, contando é claro a época da antiga Iugoslávia. Brasileiros e iugoslavos se enfrentaram no primeiro jogo da Seleção Brasileira em Copas do Mundo, no distante 1930, no Uruguai. Nele, ocorreu o primeiro de muitos gols do Brasil em Copas do Mundo, de Preguinho. 

Com uma seleção que ia ao Uruguai desfalcada de diversos jogadores de destaque no país, já que os jogadores de times paulistas não foram convocados, em situação que já foi melhor detalhada em texto sobre a campanha do Brasil em 1938, aqui mesmo no site. Sem contar com, por exemplo, Feitiço, Evangelista e com a lenda Friendenreich, primeiro grande craque brasuca, destruidor nos primórdios do futebol paulista. 

Sem eles, o Brasil entrou em campo para enfrentar os Iugoslavos no Parque Central, em 14 de julho, pelo Grupo 2, fazendo inclusive o nobre (e estratégico) gesto de levar a bandeira uruguaia e não conseguiu fazer muito. Sem jogar bem, os Canarinhos, na época ainda usando camisas brancas, viram Timanic e Bek colocarem o placar amplamente em favor da Iugoslávia. No segundo tempo, ensaiando uma reação, os sul-americanos começaram a ter algumas chances, até que João Coelho Netto, o Preguinho, mais precisamente aos 17', que tinha entrado em campo com um buquê de flores, marcou o primeiro gol da história do Brasil em Copas.

O Brasil em ação durante a Copa de 1930

Preguinho era na época atleta do Fluminense. Artilheiro de dois campeonatos cariocas, fez mais de 100 gols pelo Tricolor das Laranjeiras. O gol veio após a defesa iugoslava afastar uma cobrança de escanteio, Fausto recuperou a bola, evitando o contra ataque e lançou para a área, Preguinho antecipou tanto os defensores quanto o goleiro “sérvio” e mandou a redonda para as redes do Parque Central. Aquele seria apenas o primeiro de muitos gols brasileiros na Copa do Mundo.

Em uma fase do futebol ainda amador, Preguinho era considerado um atleta no mais pleno significado da palavra. Além do futebol, Preguinho praticou outras nove modalidades: natação, remo, polo aquático, saltos ornamentais, atletismo, basquete, vôlei, hóquei sobre patins e tênis de mesa, detendo 387 medalhas e 55 títulos nessas modalidades, sempre defendendo o Fluminense.

O Brasil fechou sua participação no Mundial de 1930 vencendo por 4 a 0 a Bolívia, com dois dos gols sendo de Preguinho, artilheiro brasileiro naquela edição. Hoje, a situação de Brasil e Sérvia é diferente, com a Seleção Canarinho sendo talvez a maior referência do esporte bretão e a Sérvia ainda se recuperando de tudo o que ocorreu pós-separação da Iugoslávia. Mas a marca eterna daquele primeiro confronto foi o gol de Preguinho, que iniciou a trajetória goleadora da maior seleção do planeta.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações