quarta-feira, 20 de junho de 2018

Nem a pressão marroquina apagou o brilho de Cristiano Ronaldo

Por Michelle Abílio
Fotos: Getty Images.com/Fifa.com

Cristiano Ronaldo fez um gol logo no início e Portugal suportou a pressão marroquina

“Heróis do mar, nobre povo
Nação valente e imortal
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!”

E assim começa o hino de Portugal. Mas quem são os verdadeiros heróis do mar? Na verdade quem é o verdadeiro herói do mar?

Cristiano Ronaldo. E este não é apenas um herói é um deus. Um desses deuses nasce de vez enquanto para dar alegria dos amantes do futebol. Desses deuses-heróis que em passes de mágica fazem um espetáculo a parte. Desses deuses que transformam um lance normal de jogo em um espetáculo nos gramados. 

E como nasce um deus-herói? Cristiano Ronaldo nasceu no dia 05 de fevereiro de 1985, num hospital em Funchal, na Ilha da Madeira. 

Da Madeira para o infinito. Se existe um limite para estrelas no mundo do futebol, Cristiano Ronaldo desconhece. 

O gajo não para de brilhar. Na seleção Portuguesa é CR7 e mais 10. No Real Madrid é ele e mais alguns. Mas é sempre ele, ali, pronto para decidir uma partida. Seja ela valendo três pontos, um título da Champions League, a Eurocopa ou uma classificação no maior torneio de futebol do mundo. 

Cristiano mostra o porque é o jogador mais importante não só de Portugal, mas sim da galáxia. E contra seus concorrentes a este título, que também são muito bons, Cristiano sobra dentro dos gramados russos. Até agora foram quatro gols do gajo.

E contra o Marrocos, nesta quarta-feira, 20 de junho, no Luzhniki Stadium, em Moscou, não foi diferente. O jogo mal tinha começado, e ele foi lá, menos de cinco minutos de partida e abriu o placar para o time Luso.

O goleiro Rui Patrício foi importantíssimo para o resultado de 1 a 0

De lá pra cá a partida não foi fácil para Portugal. O jogo poderia ter terminado ali aos 5 minutos do primeiro tempo. Cristiano Ronaldo bate falta, sofreu falta, passou a bola, recebeu a bola, chutou pro gol, errou o gol, brincou de zagueiro, e todos os lances pra mim, só tinham Cristiano Ronaldo. Desculpe os demais, Rui Patrício, João Moutinho, Pepe, Cedric, etc... todos coadjuvantes ao lado do CR7. Até porque não jogaram nada. 

Marrocos até foi um gigante diante da seleção de Cristiano Ronaldo. Tentou, tentou, tentou... Tentou até ofuscar o brilho do português. Fez Portugal suar. Fez a torcida portuguesa quebrar todas as unhas. Mas em vão. Dessa vez os deuses do futebol estavam ao lado do deus-herói português. E com esta vitória, a seleção Portuguesa soma quatro pontos e aguarda o resultado de Irã e Espanha para saber como ficará a classificação do Grupo B. Portugal enfrenta o Irã na última rodada. O Marrocos, que não tem mais chances de classificação, enfrenta a Espanha.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações