quarta-feira, 27 de junho de 2018

O México colocou a classificação em perigo

Fotos: Getty Images.com/Fifa.com

Chicharito Hernandez conversa com o grupo após o jogo: o susto foi grande!

Depois de vencer, e bem, a Alemanha, por 1 a 0, e bater a Coreia do Sul, em um jogo movimentado, por 2 a 1, a Seleção Mexicana quase pôs tudo a perder nesta quarta-feira, dia 27, na Arena Ekaterinburgo. A "La Tri" foi derrotada pela Suécia por 3 a 0 e só não foi desclassificada porque germânicos também fizeram feio e acabaram derrotados pelos sul-coreanos por 2 a 0.

Nos comentários dos especialistas, durante este mundial, muitos pareciam prever o que aconteceria nesta quarta-feira. "Os times do treinador colombiano Juan Carlos Osorio são capazes de dar um baile no melhor time do mundo e no dia seguinte tomar um 'sapeca' de uma equipe muito mais fraca que a dele". Tudo bem que a Suécia não é "uma equipe bem mais fraca", mas pelo o que vinha apresentando no Mundial, não era para perder por 3 a 0.

O pior de tudo é que o primeiro tempo foi incrivelmente equilibrado. Buscando um gol, por estar mais ameaçada até então, a Suécia até ia mais ao ataque, mas nada que pudesse dizer que o time amarelo estava melhor em campo. Já o México parecia ter o jogo sob controle, esperando alguma brecha para até abrir o marcador.

Suecos atropelaram no segundo tempo

Mas tudo mudou na segunda etapa. Aliás, o primeiro gol sueco, aos 5 minutos, saiu em um lance onde quase todo mundo errou, menos Augustinsson, que aproveitou a sobre a balançou as redes: 1 a 0 para a Suécia. Este placar colocava as duas seleções nas oitavas, mas o time mexicano se perdeu completamente e os nórdicos se aproveitaram.

Aos 17', a situação começou a complicar. A Suécia teve um pênalti a seu favor e Granqvist converteu. Os suecos se garantiam no primeiro lugar do Grupo F e o México começava a ficar em desespero, já que um gol da Alemanha tirava a equipe das oitavas. E a situação ficou ainda pior aos 29', quando Álvarez jogou contra o próprio patrimônio. O que estava tranquilo virou um desespero.

Se a Alemanha fizesse um gol, os mexicanos precisariam fazer dois. O pior, a "La Tri" não conseguia furar a defesa sueca, muito bem postada. O alívio só veio nos acréscimos, quando chegou a notícia de que a Coreia do Sul havia aberto o marcador. Ao fim do jogo, os mexicanos ficaram sabendo do segundo gol dos asiáticos. Ufa! O México garantia sua vaga, ao lado da Suécia. Mas que sufoco!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações