domingo, 24 de junho de 2018

Em jogo aberto e espetacular, Japão e Senegal deixam grupo H mais indefinido ainda

Por Lucas Paes
Fotos: Getty Images/FIFA.com

Japão e Senegal deixaram o grupo H completamente aberto depois de um jogaço

O Grupo H segue aberto e indefinido. Em um jogaço, na tarde deste domingo no Brasil, noite do mesmo dia no Central Stadium de Ecaterimburgo, Japão e Senegal fizeram uma partida aberta, cheia de possibilidades e que deixou o grupo H ainda totalmente indefinido. Com ataques dos dois lados, bola na trave dos nipônicos, velocidade e gols, japoneses e senegaleses fizeram, surpreendentemente, um dos melhores jogos da Copa do Mundo até aqui.

Na teoria, o jogo colocaria a parte técnica e ousada do futebol senegalês contra a inteligência tática japonesa. Mas os nipônicos mostraram técnica de sobra também, assim como os africanos mostraram bastante inteligência em diversos momentos. Logo no começo, aos 11 minutos, Mané contou com falha feia de Kawashima para abrir o placar. A partir daí, rolaram chances para ambos os lados até Inui pegar uma bola mal dominada por Nagatomo, cortar o zagueiro e acertar um belíssimo chute no cantinho rasteiro. O jogo seguiu aberto a partir daí, mas o placar na etapa inicial terminou empatado.

Mané é o destaque do time senegalês, marcou um gol hoje

Na etapa final, os japoneses voltaram melhor, mas o Senegal continuava oferecendo perigo no protagonismo de Sadio Mané, um dos craques do mortal tridente de ataque do Liverpool. Apesar da pressão nipônica, o segundo gol foi de Senegal, em lance que contou com domínio errado de Nyang e um tirombaço do lateral Moussa Wanguê, que encontrou as redes do gol de Kawashima. A vitória colocava os africanos na fase final e deixava os japoneses para definirem sua situação na última rodada. Mas o gol de Honda deixou tudo de novo em aberto, poucos minutos depois do segundo senegalês. 

A situação do último grupo da Copa do Mundo é completamente aberta. O Japão, com quatro pontos, lidera por ter menos cartões amarelos que os senegaleses, numa prova prática da disciplina nipônica. Ambos tem quatro pontos. A partida de logo mais, entre Colômbia e Polônia dará a um vencedor, caso ele existe, a chance de buscar a vaga na última rodada. Caso haja empate, fica tudo em aberto na rodada final, mas a situação de africanos e asiáticos é nitidamente mais confortável. 

Honda fez o segundo gol japonês

Condenados por muitos a serem coadjuvantes, num grupo em que pintava o favoritismo de colombianos e poloneses, Japão e Senegal tomam para si o protagonismo, tanto em pontuação quanto em futebol praticado, já que ambos praticam um jogo agradável de ver. Possivelmente, farão do Grupo H um nicho de classificações surpreendentes, deixando para trás a favorita Colômbia, de encantador futebol na última Copa e a outra favorita Polônia, com peso de certo histórico no futebol e com o craque Lewandowski comandando o ataque. Mas tudo só será definido na última rodada.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações