sexta-feira, 1 de junho de 2018

Com uma semana de atraso, B2 do Rio de Janeiro começa no domingo

Por Victor de Andrade e Diely Espíndola

Clique no mapa para visualizá-li em alta definição

Estava tudo pronto para o fim de semana passado. Porém, com a greve dos caminhoneiros, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) adiou os jogos de futebol do estado e o Campeonato Carioca da Série B2, que estava programado para começar no último sábado, vai ter início neste domingo, dia 3. 

Com 15 clubes, divididos em dois grupos, sendo um com oito equipes e outro com sete, apenas dois deles terão a honra de jogarem a Série B1 de 2019. Em compensação, os dois últimos colocados no geral estarão na Série C da próxima temporada. Conheça os clubes que estarão na competição: 

GRUPO A 
CEAC/ARARUAMA – CASIMIRO DE ABREU – FUTURO BEM PRÓXIMO – MESQUITA 
NOVA CIDADE – QUEIMADOS – CFRJ/MARICÁ – SÃO CRISTÓVÃO 

Se só a tradição contasse, o Grupo A da Série B2 do futebol do Rio de Janeiro teria um favorito disparado: o São Cristóvão, campeão carioca em 1926 e clube que revelou nada menos do que Ronaldo Fenômeno. Porém, a situação atual não é das melhores e o clube, que foi rebaixado da B1 em 2017, não teve muitos resultados positivos nos jogos-treino realizados na pré-temporada.

 São Cristóvão quer voltar aos seus dias de glória

Outro tradicional que está no Grupo A é o Mesquita. O time bateu na trave do acesso no ano passado e espera neste ano conseguir a tão sonhada vaga para a B1 de 2019. O experiente meia Gilmax e o zagueiro Matheus Lessa são dois reforços da equipe. Quem também que brigar pelo topo é o Nova Cidade, que com o técnico Junior Gomes, quer priorizar a posse de bola. Já o Araruama, que joga na vaga pertencente ao Arraial do Cabo, espera que a parceria seja positiva e conquiste o acesso. 

O Casimiro de Abreu entra na disputa para não voltar para a Série C, onde foi terceiro no ano passado. O Futuro Bem Próximo quer fazer um campeonato melhor que o de 2017, quando foi apenas o 10º. O Queimados, que foi rebaixado da B1, espera apenas bater e voltar na B2. Já o Rio de Janeiro de Magé, que cedeu a vaga para o Maricá jogar, quer uma campanha melhor que a da temporada anterior. 

GRUPO B 
7 DE ABRIL – BARRA MANSA – BELA VISTA 
CAMPOS – JUVENTUS – PÉROLAS NEGRAS – RIO SÃO PAULO 

O destaque do grupo vai pra o 7 de Abril, que conta com dois grandes nomes para a temporada. A começar pelo técnico Carlos Alberto Santos, ex volante campeão carioca com o histórico time de 1989 do Botafogo. E o grande reforço da equipe é o zagueiro equatoriano Ivan Hurtado, que tem em seu currículo nada menos que Duas Copas do Mundo, oito Copas América e 168 jogos por sua seleção.

O equatoriano Ivan Hurtado vai defender o 7 de Abril

Já o Barra Mansa vive situação oposta. Sem estádio por conta da falta de laudos de segurança, o clube vem mandando jogos em diversas cidades do Rio de Janeiro. Após acesso histórico à série A do Carioca em 2014, o clube vem de dois rebaixamentos seguidos e agora disputa a terceira divisão da competição. Durante o ano passado a grande dificuldade do clube foi manter a estabilidade e conseguir lidar com problemas extra campo, como por exemplo o pagamento dos salários dos jogadores e funcionários. 

Entre os outros do grupo, o Pérolas Negras, campeão da Série C do ano passado e que faz um trabalho com jogadores haitianos, através da ONG Viva Rio, deve brigar para classificar, assim como o Campos, vice na mesma competição. O Rio São Paulo corre por fora, enquanto Bela Vista e Juventus devem ser os mais fracos da chave. 

REGULAMENTO 

O regulamento será praticamente o mesmo da edição de 2017, com exceção da fase final. As semifinais, que definem o acesso, serão em dois jogos. A final será em jogo único, em campo neutro. Os dois últimos serão rebaixados à Série C de 2019.

O Angra dos Reis foi o campeão da B2 em 2017

No primeiro turno, as equipes se enfrentam dentro do próprio grupo. No segundo turno, as equipes de um grupo enfrentam as do outro. Em ambos os turnos, os dois primeiros avançam para as semifinais, que serão em jogo único. Os primeiros colocados jogarão em casa e com a vantagem do empate. Os vencedores passam para a final, também em jogo único, com mando de campo sorteado. Os campeões de cada turno se juntam às equipes de melhor campanha na semifinal do Estadual. Os vencedores sobem ao Carioca de 2019 - Série B1 e fazem a final da competição. 

Para o desempate entre duas ou mais equipes segue-se a ordem definida abaixo: 

1 - Número de vitórias 
2 - Saldo de gols 
3 - Gols marcados 
4 - Número de cartões amarelos e vermelhos 
5 - Sorteio


←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações