segunda-feira, 14 de maio de 2018

O Cruzeiro campeão da Copa do Brasil de 1996

Poucos esperavam que o Cruzeiro batesse o favorito Palmeiras na decisão

Em 1996, a Copa do Brasil já era uma competição que passou a ter importância para os clubes do País, pois era chamado de o caminho mais curto para a Copa Libertadores (vale lembrar que na época apenas dois times brasileiros iam para o torneio continental). Por isto, naquela edição, o certame passou a ser disputada por 40 times e quem levou a melhor foi o Cruzeiro, batendo o favorito Palmeiras na final.

A Raposa, que chegou ao segundo título da competição (conquistou a edição de 1993), fez uma bela campanha, com quatro vitórias, cinco empates e uma derrota nos dez jogos disputados. O centroavante Marcelo Ramos foi o goleador do time e vice-artilheiro da competição, com sete gols marcados, atrás apenas de Luizão, do Palmeiras, que marcou oito vezes.

A estreia do Cruzeiro na competição foi com empate em 1 a 1 diante do Juventus/AC, fora de casa. Na volta, vitória por 4 a 0, no Independência, e vaga assegurada na segunda fase. O Vasco foi o adversário seguinte, e a Raposa avançou após goleada por 6 a 2, no Rio de Janeiro, e empate em 1 a 1, em casa.

No primeiro jogo da decisão, 1 a 1 no Mineirão

Nas quartas de final, venceu o Corinthians por 4 a 0 na ida, e avançou mesmo perdendo por 3 a 2 no confronto da volta, no Pacaembu. A semifinal terminou com dois empates com o Flamengo. Com o 1 a 1 no Maracanã, o time celeste se garantiu na final com o 0 a 0 no Mineirão.

Na grande decisão, o Cruzeiro enfrentou o Palmeiras, favorito ao título com uma campanha de goleadas na Copa do Brasil e também no Campeonato Paulista – conquistado pelo Verdão, que teve mais de 100 gols marcados. Na primeira partida da final, empate em 1 a 1, no Mineirão.

No confronto decisivo, o time paulista abriu o placar logo aos cinco minutos, com o artilheiro Luizão. Mas, ainda no primeiro tempo, Roberto Gaúcho deixou tudo igual para a Raposa. Já no final da etapa complementar, após falha do goleiro Velloso, Marcelo Ramos marcou o gol do título e calou os quase 30 mil palmeirenses presentes no Parque Antarctica. Vale ressaltar que esta campanha possibilitou ao Cruzeiro a vaga na Libertadores de 1997, conquistada pelo clube.

Os campões da Copa do Brasil de 1996

Relembre a trajetória do campeão:

PRIMEIRA FASE
13 de março - Juventus/AC 1 x 1 Cruzeiro - José de Melo
20 de março - Cruzeiro 4 x 0 Juventus - Independência

OITAVAS DE FINAL
28 de março - Vasco 2 x 6 Cruzeiro - São Januário
17 de abril - Cruzeiro 1 x 1 Vasco - Independência

QUARTAS DE FINAL 
24 de abril - Cruzeiro 4 x 0 Corinthians - Independência 
10 de maio - Corinthians 3 x 2 Cruzeiro - Pacaembu

SEMIFINAL
28 de maio - Flamengo 1 x 1 Cruzeiro - Maracanã 
5 de junho - Cruzeiro 0 x 0 Flamengo - Mineirão

FINAL
14 de junho - Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras - Mineirão
19 de junho - Palmeiras 1 x 2 Cruzeiro - Parque Antarctica
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações