sexta-feira, 4 de maio de 2018

Com pouca dificuldade, São José vence União Mogi no Martins Pereira

Por Victor de Andrade
Colaborações de Felipe Viana/Rádio Arquibancada EC e Andre Castanhare/São José EC

O São José impôs o ritmo durante a partida e não teve dificuldade para vencer o União
(foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com)

O União Mogi acumulou sua quarta derrota em cinco jogos no Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2018. Na estreia do treinador Josias de Oliveira, a Serpente do Tietê não jogou bem e foi derrotada pelo São José pelo placar de 2 a 0, gols de Vinicius Reis e Léo Turbo. A partida foi realizada na noite desta sexta-feira, dia 4, no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos.

O São José entrou em campo liderando o Grupo 4 da Segundona, com 10 pontos. Na última rodada, a Águia do Vale venceu o confronto citadino contra o Joseense, por 1 a 0. Já o União Mogi, depois de três derrotas, conseguiu sua primeira vitória na competição ao fazer 1 a 0 no Flamengo de Guarulhos, em casa. Porém, a equipe, que estreava o técnico Josias de Oliveira ainda ocupava a vice-lanterna da mesma chave, com apenas três pontos ganhos.

E o São José, jogando em casa e defendendo a liderança no Grupo 4, já começou em cima logo de cara. Aos 2 minutos, em bola alçada na área, Lucas Lima cabeceou com perigo, mas a bola foi para fora. Aos 14', em escanteio, a bola ia passando por todo mundo e o zagueiro Léo Turbo ainda desviou, mas o lance foi para fora.

A Águia do Vale teve o domínio das ações por boa parte do jogo
(foto: Felipe Viana/Radio Arquibancada EC)

A Águia do Vale continuou pressionando. Aos 17', Dênis cruzou para Lucas Lima, que de cabeça assustou o goleiro Lelito, que viu a bola saindo pela linha de fundo, próximo da trave. Porém, aos poucos, o São José foi diminuindo o ritmo e dando espaço para o União Mogi, mas a Serpente do Tietê não conseguia armar jogadas de ataque.

A primeira chegada do União aconteceu aos 34'. Luiz Claudio recebeu passe na intermediária, viu Agenor adiantado e arriscou um chute forte, que quase surpreendeu o arqueiro do São José, mas a bola balançou a rede por cima do gol. Porém, aos 37', a Águia do Vale abriu o marcador: depois de um cruzamento pela esquerda, a zaga da Serpente do Tietê afastou o perigo parcialmente e a bola sobrou nos pés de Vinícius Reis, que acertou um chute forte, no ângulo, sem chances para Lelito: 1 a 0 para a equipe da casa.

Perdendo o jogo, a Serpente do Tietê foi em busca do empate na segunda etapa. Aos 3 minutos, em cruzamento para a área de Ninão, Lucas Dias fez Agenor se esticar todo para fazer a defesa. E a cada segundo que se passava, mais o time de Mogi das Cruzes se soltava. Porém, aos 9', o São José respondeu com Lucas Lima, mas a bola desviou na zaga do time visitante e saiu.

A partida ficou aberta, com as duas equipes se alternando no ataque. Aos 12', Eto'o tentou jogada individual, foi derrubado por Alan Lopes, mas o árbitro mandou seguir. Três minutos depois, Bessa recebeu cruzamento na área e tentou de cabeça, mas a bola saiu por cima do gol defendido pelo União Mogi. A Serpente do Tietê foi ao ataque aos 21', em chute de Luis Claudio, mas o arremate saiu fraco e facilitou a defesa de Agenor.

Saída de bola da equipe da casa
(foto: Felipe Viana/Radio Arquibancada EC)

Depois dos 25 minutos, o São José passou a tomar conta do jogo novamente. Aos 26', Alan Lopes foi lançado, invadiu a área e tentou um toque de categoria. Mas Lelito, esperto, conseguiu defender com os pés. Aos 30', Bessa ajeitou para Vinicius Barcelos, que vinha de trás. O meia chegou soltando uma bomba. A bola desviou na zaga do União Mogi, mas passou muito perto do gol.

Dominando as ações, a Águia do Vale chegou ao segundo tento aos 34'. Dênis, pela direita, cruzou na área, o zagueiro Léo Turbo, que estava no ataque, subiu mais que toda a defesa do União Mogi e cabeceou a bola no contra-pé do goleiro Lelito: 2 a 0 para o São José. Com a chegada do fim da partida, o time da casa controlava a bola, tentando fazer o tempo passar. Já o União não demonstrava ter forças para reagir. Com isto, a partida terminou com a vitória da Águia do Vale.

Na próxima rodada, o União, que continua com os três pontos, faz o derby de Mogi das Cruzes contra o Atlético, no dia 13, domingo, às 10 horas, no Estádio Nogueirão. Já o São José, que com a vitória foi a 13 pontos, na liderança do Grupo 4, vai até Jundiaí no sábado, dia 12, quando enfrenta o Paulista, às 15 horas, no Estádio Jayme Cintra.

Com a vitória, o São José foi a 13 pontos
(foto: Andre Castanhare/São José EC)

Ficha Técnica
SÃO JOSÉ 2 X 0 UNIÃO MOGI

Data: 4 de maio de 2018
Local: Estádio Martins Pereira - São José dos Campos-SP
Público: 1.283
Renda: R$ 15.190,00
Árbitro: Thiago Lourenço de Mattos
Assistentes: Ricardo Pavanelli Lanutto e Ricardo Luis Buzzi

Cartões Amarelos
São José EC: Dênis, Dieguinho
União Mogi: Guilherme, Lucas Dias, Lucas Brito, Eto'o, Ninão, Gabriel Jesus

Gols
São José EC: Vinicius Reis, aos 37' do primeiro tempo. Léo Turbo, aos 34' do segundo tempo

São José EC: Agenor; Dênis, Raphael, Léo Turbo e Luciano Pit; Marcelinho (Sidney), Alan Lopes e Vinicius Reis (Vinicius Barcelos); Bessa (Dieguinho), Lucas Lima e Pedrinho - Técnico: Ricardo Costa

União Mogi: Lelito; Rodrigo (Weberth), Lucas Brito, David e Guilherme (Emerson); Antônio, Yuri, Luiz Claudio e Lucas Dias (Gabriel Jesus); Ninão e Eto'o - Técnico: Josias de Oliveira
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações