segunda-feira, 28 de maio de 2018

Afinou!

Por Fábio Lázaro

O goleiro do Liverpool Loris Karius falhou em dois gols e prejudicou sua equipe

Quem nunca foi Karius que atire a primeira pedra. Distraído ou confiante, botando tudo a perder. Perdendo. Como no futebol. Como na vida. E o arqueiro do Liverpool sentiu tudo isso na pele carregando tudo isso nas costas. 

O goleiro que parece o Thor, descobriu da pior maneira possível que não é herói, tampouco deus. E nessa guerra cívil, entre o céu da decisão e o inferno da derrota, Karius ficará eternamente no purgatório da opinião popular. 

Esta que santifica e demoniza ao seu bel prazer, faz de vencedor na bola perdedor moral. Na decisão, o Capitão Europa virou Thanos, mas, na real, é Ramos. Que com ou sem histórico e intenção foi o vilão que atacou o potencial herói em seu ponto fraco. E no final do filme, comprovou-se a catarse. 

Afinal, é final, já diria o outro. E uma final que entorta o varal nos metralha de emoções a torto e a direito. Como num filme, ficamos apreensivos com a lesão de Salah, atônitos com o choro de Carvajal, espantados com a perspicácia de Benzema, empolgados com o empate de Mané, contemplados com a entrada de Bale. Vitoriosos, como o Real. Virtuosos, como o Liverpool.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

  1. Lamentável o goleiro do Liverpool, nem na várzea tem pior...

    ResponderExcluir

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações