quarta-feira, 23 de maio de 2018

A 'verdade' tem pernas curtas

Por Felipe Saúda 

Depois de até chamar a imprensa de mentirosa, Fábio Carille aceitou a proposta dos árabes

Não falou-se em outra coisa durante a última semana aqui no futebol brasileiro. Fábio Carille teria recebido uma proposta milionária do mundo árabe. 

Foram vários dias de debates intensos em torno do assunto, e aquela expectativa, será que o grande mentor do Corinthians campeão brasileiro em época de vacas magras, iria deixar o Timão? 

Veículos cravavam a existência da proposta. Dirigentes do Corinthians falavam em tom de despedida, e em meio a isso tudo, Fábio Carille mantinha-se em um incólume silêncio. 

O timão foi a Venezuela enfrentar o Deportivo Lara, em um jogo que muitos afirmavam ser a despedida do técnico. Goleada por 7 a 2, e a cada gol corintiano o semblante de Carille escancarava o ar de Adeus. 

Para reforçar os rumores, seu pai, Joaquim, deu uma entrevista a imprensa, dizendo que o filho havia lhe contado que tinha uma proposta irrecusável. Mesmo assim, nenhum piu! 

O fato do Al-Hilal, time que inicialmente iria contrata-lo, fazer a opção pelo português Jorge Jesus, foi o estopim para que o até então, tranquilo técnico, se voltasse contra a imprensa. Carille foi enfático ao dizer: “grande parte da imprensa mente”. Ah! Como eu gostaria de estar presente nesta entrevista para retruca-lo com uma única pergunta: “que parte é essa, cara pálida”? “Dê nome aos bois”! 

Esse tom agressivo beirou a irresponsabilidade, afinal, trata-se de uma figura pública que até então, falava em nome de uma nação de mais de 25 milhões de pessoas. O mesmo cuidado que um jornalista tem de ter ao se referir a uma figura, ou apurar um fato, deveria nortear as atitudes de um individuo tão relevante. A declaração generalizada colocou a imprensa toda no mesmo balaio, sendo que em qualquer área de atuação existem bons e maus profissionais. Definitivamente faltou tato.

Mídias sociais do Al-Wehda confirmaram a contratação

Nada como um dia após o outro para desmascarar alguém. Exatamente dois dias após destilar o seu veneno contra os supostos mentirosos, o Corinthians anuncia que Carille irá treinar o Al-Wehda. 

Mais do que deixar o Corinthians a ver navios em meio a uma temporada tão importante, Carille conseguiu algo que até então parecia impossível perante a tantas façanhas que ele havia alcançado. Sua entrevista desastrosa, disparando contra a imprensa e sendo desmentido pelos fatos arranhou consideravelmente sua imagem profissional imaculada. 

É bem verdade que trata-se de um outro time, portanto uma outra negociação, mas por mais que Carille tentasse tapar o sol com a peneira, todos sabíamos que a negociação com o Al-Hilal de fato aconteceu, e não é porque não houve acerto que a imprensa é mentirosa. 

Em tempos em que o media-training impera, é inconcebível que um cidadão ocupante de um cargo tão relevante demonstre tamanho despreparo perante aos microfones. 

Sinceramente espero que este episódio ensine a Carille o que um homem da idade dele já deveria saber a muito tempo: Nada como um dia após o outro!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações