segunda-feira, 21 de maio de 2018

A história do Estádio Olímpico Monumental

Entre 19 de setembro de 1954 e 2 de dezembro de 2012, o Olímpico foi a casa do Grêmio

Desde o dia 19 de setembro de 1954, quando o Grêmio venceu o Nacional-URU por 2 a 0, até o dia 17 de fevereiro de 2013, na vitória contra o Veranópolis, por 1 a 0, 58 anos se passaram. Por todo este tempo, o Grêmio mandou os seus jogos no Estádio Olímpico Monumental. Antes, o time porto-alegrense mandava seus jogos na Baixada e desde o final de 2012, passou a jogar na Arena Grêmio.

No período do Olímpico, o Tricolor disputou 1768 partidas. Foram 1159 vitórias, 381 empates e 227 derrotas. Dentro deste número de vitórias, está computado o jogo pela Copa do Brasil de 1989 em que o Grêmio venceu a equipe do Mixto-MT por w.o., já que o time não compareceu. O Grêmio marcou 3477 gols e sofreu 1298.

O atacante Alcindo, que atuou no Grêmio de 1964 a 1972 e depois retornou em 1977, é o jogador que mais marcou gols na história do Velho Casarão. Disputou 186 jogos e balançou as redes em 129 oportunidades. Tarciso vem logo atrás, com 127 gols, mas é o atleta que mais vezes pisou no gramado do Olímpico. Foram 341 jogos.

Com a partida de despedida terminada com empate em zero a zero, o último gol marcado na história do Olímpico em jogos oficiais foi do atacante Marreta, do Guarani de Venâncio Aires, no empate em 1 a 1, sábado (01/12/12), que deu ao Grêmio a conquista da Copa FGF da categoria Sub-19. O último tento anotado por um jogador gremista, foi de Gustavo Xuxa, o primeiro do time neste mesmo jogo.

Entre os profissionais, quem marcou pela última vez no Monumental foi Marcelo Moreno, dia 11 de novembro, na vitória de 2 a 1 sobre o São Paulo, aos 39 minutos do segundo tempo, que sacramentou a classificação gremista para a Copa Libertadores de 2013.

O Olímpico atualmente está em ruínas e não foi derrubado

No dia 26 de abril de 1981, o Monumental registou o maior público de sua história: 98.421 torcedores (85.751 pagantes) na partida Grêmio 0 x 1 Ponte Preta, pela semifinal do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Na era do Estádio Olímpico, o Tricolor conquistou ao todo 47 títulos. Em algumas destas conquistas, a primeira partida da final acabou sendo disputada no Monumental, para o triunfo acontecer na casa do adversário.

Confira abaixo os títulos conquistados pelo Grêmio no Olímpico:

- Bicampeão da Libertadores de 1983 (jogo final no Olímpico) e 1995
- Bicampeão Brasileiro de 1981 e 1996 (jogo final no Olímpico)
- Tetra Campeão da Copa do Brasil de 1989 (jogo final no Olímpico), 1994 (jogo final no Olímpico), 1997 e 2001
- Supercampeão do Brasil de 1990 (Jogo decisivo no Olímpico).
- Campeão da Copa Sul de 1999
- Campeão Sul-Brasileiro de 1962
- Penta Campeão Gaúcho de 1956 a 1960 (Decidiu no Olímpico em 1958, 59 e 60). 
- Hepta Campeão Gaúcho de 1962 a 1968 (Decidiu no Olímpico em 1962, 64, 66 e 68).
- Campeão Gaúcho de 1977 (jogo final no Olímpico)
- Bicampeão Gaúcho de 1979 (jogo final no Olímpico) a 1980
- Hexa Campeão Gaúcho de 1985 a 1990 (Decidiu no Olímpico em 1985, 86, 87, 89 e 90)
- Campeão Gaúcho de 1993
- Bicampeão Gaúcho de 1995 (jogo final no Olímpico) a 1996 (jogo final no Olímpico)
- Campeão Gaúcho de 1999 (jogo final no Olímpico)
- Campeão Gaúcho de 2001 (jogo final no Olímpico)
- Bicampeão Gaúcho de 2006 a 2007 (jogo final no Olímpico)
- Campeão Gaúcho de 2010 (jogo final no Olímpico)
- Campeão Brasileiro da Série B de 2005
- Penta Campeão Citadino de 1956 a 1960 
- Campeão Citadino de 1964
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações