quinta-feira, 10 de maio de 2018

A carreira de Vanderlei Luxemburgo como jogador

Por Lucas Paes


Apesar dos terríveis trabalhos recentes, Vanderlei Luxemburgo é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores treinadores da história do futebol brasileiro. Arquiteto de times brilhantes, como o espetacular Palmeiras de 1996, o super-campeão Cruzeiro de 2003 e o fortíssimo Santos de 2004, Luxa ficou conhecido por diversos trejeitos, seja pelas entrevistas, pelo jeito elegante de se vestir na área técnica ou pela vocação ofensiva de suas equipes. Antes de brilhar na casamata, porém, ele foi jogador.

Após passar nos juniores pelo Botafogo e servir as categorias de base e olímpica da Seleção Brasileira, Luxemburgo, que nasceu em 10 de maio de 1952, em Nova Iguaçu, estreou como profissional pelo Flamengo, em 1971, jogando como lateral esquerdo e sendo chamado apenas de Vanderlei. Ficou até 1978 no Mengão, sem nunca conseguir se firmar como titular.

Maior parte de sua carreira como jogador foi no Flamengo

Apesar disso, fez 153 jogos pela equipe rubro-negra, marcando um total de nove gols. Foi concorrente de posição de Junior, um dos maiores laterais da história do futebol brasileiro. Conquistou dois títulos cariocas e uma Taça Guanabara na Gávea.

Depois, foi para o Internacional, onde esteve durante o ano de 1978, também sem muito brilho. Foram 27 jogos pelo Colorado, sem marcar nenhum gol. Depois, passou dois anos no Botafogo, onde também jogou pouco, encerrando a carreira de atleta em 1980, após uma séria lesão no joelho que o tirou dos campos, encerrando assim sua carreira de jogador. Depois, começaria como treinador ainda nos anos 80, onde despontaria em 1990 como um grande treinador, quando conquistou o Campeonato Paulista com o Bragantino.

Chegou no Internacional em 1978

A carreira de jogador de Luxemburgo contrasta com sua brilhante estrada fora das quatro linhas. Teve pouquíssimo destaque dentro de campo, seja com as camisas de Flamengo, Inter ou Botafogo. As memórias do 'Pofexô' que ficarão marcadas no mundo do futebol serão sempre de seus gritos a beira do campo e não dos (poucos) gols que fez.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações