sábado, 14 de abril de 2018

Santos comemora aniversário vencendo o Ceará na estreia no Brasileirão

Fotos: Ivan Storti/SFC

Rodrygo marcou o segundo gol do Peixe na partida

Depois de ganhar um Super Match Day na Praça Charles Miller em comemoração aos seus 106 anos, o Santos FC retribuiu com um belo presente dentro de campo: nesta quinta-feira (14), em jogo válido pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Jair Ventura recebeu o Ceará no Pacaembu, e não decepcionou: venceu pelo placar de 2 a 0 e, depois de 12 anos, voltou a estrear com vitória na competição. Os dois gols da partida foram marcados por Pio (contra) e Rodrygo, um em cada tempo.

Depois de ser eliminado nas semifinais do Campeonato Paulista e vir de vitória fora de casa, contra o Estudiantes, na Copa Libertadores, o Santos vinha confiante para a estreia no Brasileirão. Já o Ceará também estava em festa, mesmo jogando fora de casa: depois de sete anos, o Vovô voltava a estar na elite do futebol nacional.

A estreia do Peixe no Campeonato Brasileiro começou de maneira truncada, com a equipe visitante empenhada visando obstruir suas ações ofensivas. Com apenas dois minutos de jogo, Rafael Carioca errou o tempo de bola e acertou em cheio Eduardo Sasha, fazendo com que levasse o primeiro amarelo do jogo.

Após o lance duro nos momentos iniciais da partida, o Santos FC pouco a pouco começou a fazer valer seu mando de campo. Boas tramas foram arquitetadas pela equipe de Jair Ventura, especialmente pelo lado esquerdo. Aos 19 minutos, Dodô conseguiu descolar bom cruzamento para Gabriel, que travou na marcação adversária no ato da finalização. Jean Mota ficou com a sobra, mas, de fora da área, acabou isolando.

Perto do final da primeira etapa, aos 43 minutos, Dodô, em grande noite, recebeu cruzamento de Daniel Guedes e desviou para o gol. Everson conseguiu fazer a defesa, mas na sobra o zagueiro Pio acabou rebatendo para seu próprio patrimônio, anotando assim o primeiro gol do Santos FC nesta edição do Brasileirão.

Os minutos iniciais da segunda etapa foram marcados exatamente como os últimos da primeira: com gol do Santos FC. Aos 4 minutos, Gabriel tocou para Eduardo Sasha, que achou Rodrygo na área livre de marcação. O atacante cruzou na medida e o raio alvinegro não desperdiçou, cabeceando para as redes de Everson e marcando, assim, o segundo do Peixe na partida.

O Ceará não sentiu o baque do segundo gol e passou a trocar passes no meio de campo, tentando encontrar alguma brecha na bem postada retaguarda alvinegra. Aos 26 minutos, o Vovô partiu de forma mais incisiva para cima do Peixe: Arthur recebeu de Reina e chutou forte, obrigando Vanderlei a fazer sua primeira grande defesa no jogo. O Santos FC retribuiu nos minutos seguintes: Jean Mota acionou Gabriel, que dominou e chutou rasteiro, tirando tinta da trave e assustando Everson. Após o chumbo trocado, o jogo esfriou, consolidando assim a primeira vitória do Peixe logo em sua estreia pelo Brasileirão.

A vitória fez com que o Peixe somasse seus três primeiros pontos no Campeonato. Seu próximo confronto pela competição nacional será contra a equipe do Bahia, no próximo sábado (21), fora de casa. Após este segundo embate pelo Brasileirão, o Peixe concentrará suas forças para a partida de terça-feira, dia 24 de abril, contra o Estudiantes, pela quarta rodada da Conmebol Libertadores. Uma vitória na Vila Belmiro poderá encaminhar a classificação do Peixe para o mata-mata da competição continental. Já o Ceará joga novamente no dia 22, domingo, às 16 horas, contra o São Paulo, no Castelão, em Fortaleza.

Ficha Técnica
SANTOS FC 2 X 0 CEARÁ

Data: 14 de abril de 2018
Local: Pacaembu - São Paulo-SP
Público: 15.513;
Renda: R$ 526.550,00;
Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira;
Assistentes: Helton Nunes e Thiago Americano Labes

Cartão Amarelo
Ceará: Rafael Carioca (CEA);

Gols
Santos FC: Pio (contra), aos 43′ do primeiro tempo, e Rodrygo, aos 4′ da segunda etapa

Santos FC: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz, Dodô, Alison, Léo Cittadini (Vitor Bueno), Jean Mota (Diego Pituca), Gabriel, Eduardo Sasha, Rodrygo (Arthur Gomes) - Técnico: Jair Ventura.

Ceará: Éverson, Pio, Valdo, Luiz Otávio, Rafael Carioca, Ernandes, Juninho, Ricardinho (Reina), Wescley (Roberto), Arthur, Felipe Azevedo (Arnaldo) - Técnico: Marcelo Chamusca.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações