segunda-feira, 2 de abril de 2018

O bicampeonato da Taça Brasil do Santos em cima do Botafogo

Com informações do Centro de Memória e Estatística do Santos FC

O Santos de Pelé e o Botafogo de Garrincha protagonizaram duelos interessantes na década de 60

Em 2 de abril de 1963, o Santos FC conquistava a Taça Brasil referente ao ano anterior. Era o segundo título do Peixe na competição, já que o clube havia levantando o troféu em 1961. A decisão foi de arrepiar, já que foi contra o Botafogo, outra grande equipe da época, e foi definida em três jogos, com o último sendo 5 a 0 para o Alvinegro Praiano em pleno Maracanã. A partida foi apelidada de "O Jogo do Século".

Por ter sido campeão do ano anterior, o Santos FC entrou diretamente nas semifinais da competição, onde encarou o Sport de Recife. Apesar do empate na primeira partida, o Peixe goleou o Leão da Ilha do Retiro por 4 a 0 no segundo embate e garantiu sua vaga na decisão, contra o Botafogo.

O time que encantou o mundo dominou o futebol brasileiro

Como era comum até os anos 80, os campeonatos de um ano adentravam no outro e a decisão da Taça Brasil de 1962 aconteceu em 1963. Pois era um grande embate: de um lado, Gylmar, Mauro, Zito, Pelé, Coutinho, Pepe, entre outros. Do outro, Nilton Santos, Garrincha, Amarildo e Zagallo que participaram da Copa do Mundo, no Chile em 1962. Era uma verdadeira constelação de craques em campo.

Em 19 de março, as duas equipes iniciaram o embate pelo título no Pacaembu. Foi um jogo equilibrado, com o Botafogo saindo na frente aos 13 minutos, com Quarentinha. O Peixe virou com Pepe, aos 33', e Coutinho, já aos 2' da segunda etapa, e Dorval, aos 11'. Amoroso, aos 21', diminuiu para o Botafogo e Pepe, aos 28', fez o quarto do Santos. Amarildo, aos 44', marcou o último da partida e sacramentou o placar de 4 a 3 para o time da Baixada Santista.

O segundo confronto foi em 31 de março, no Maracanã. O empate dava o título ao Santos e, com isso, o Botafogo foi para cima, tentando a vitória. Édison, aos 31' da primeira etapa, abriu o marcador para o Glorioso. No segundo tempo, o time carioca sacramentou a vitória com gols de Quarentinha, aos 13', e Amarildo, aos 25'. Rildo, contra, ainda diminuiu para o Santos, aos 42', mas o 3 a 1 para o Fogão forçou a terceira partida.

Veja os gols da partida decisiva

O embate decisivo foi realizado no dia 2 de abril, no "campo neutro" do Maracanã. E nesta data, o Peixe não deu sopa para o azar e fez uma das melhores partidas de sua história. Dorval, aos 24 minutos e Pepe, aos 39', fizeram o Santos sair ganhando por 2 a 0 no primeiro tempo. Na etapa final, Coutinho, aos 9', e Pelé, aos 30' e 35', sacramentaram os 5 a 0 e o título de bicampeão da Taça Brasil para o Alvinegro Praiano.

Vale ressaltar que as duas equipes, no mesmo ano, protagonizaram outro grande embate, nas semifinais da Libertadores, onde o Santos também levou a melhor. Vale lembrar também que este foi o segundo dos nove títulos de nível nacional do Peixe, que completou o penta da Taça Brasil vencendo também em 1963, 1964 e 1965, mais o Robertão de 1968, os Brasileirões de 2002 e 2004 e a Copa do Brasil de 2010.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações