quarta-feira, 11 de abril de 2018

Austrália 31 x 0 Samoa Americana - A maior goleada em jogos entre seleções

Por Victor de Andrade

Australianos comemorando um dos 31 gols da partida: um recorde!

Está completando 17 anos neste 11 de abril de 2018 a maior goleada em jogos entre seleções da história. Em 2001, a Austrália goleava a Samoa Americana por 31 a 0 em partida, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002, realizada em conjunto entre Japão e Coreia do Sul, que bateu diversos recordes. O embate foi realizado International Sports Stadium, em Coffs Harbour, na Austrália.

O mais incrível é que antes da partida já se esperava uma goleada deste tipo. Depois de folgar na primeira rodada, a Austrália estreou naquelas Eliminatórias goleando Tonga, fora de casa, por 22 a 0. A Samoa Americana vinha de um retrospecto terrível: perdeu de 13 a 0, na estreia, para Fiji, e 8 a 0 para a Samoa. Então, a partida já chamava a atenção para isto.

Então, a Austrália, que se não era o melhor time do mundo, tinha jogadores profissionais atuando na Europa, principalmente no futebol inglês, não decepcionou quem esperava um massacre. Con Boutsianis (3 gols), Archie Thompson (13 gols), David Zdrilic (8), Aurelio Vidmar (2), Tony Popovic (2), Simon Colosimo (2) e Fausto de Amicis construíram o marcador.

A Samoa Americana não conseguiu assustar em nenhum momento

Esta partida ficou para a história porque bateu diversos recordes e mudou até regras para a montagem das Eliminatórias:
  • Como já falado, com esse resultado, a Austrália quebrou o recorde de maior vitória em um jogo internacional. O recorde anterior era de 22 a 0; vitória da mesma Austrália sobre Tonga, na mesma competição, superando o Kuwait na vitória por 20 a 0 sobre Butão na eliminatória da Copa da Ásia de 2000.
  • O jogo também quebrou o recorde de maior vitória em uma partida da Copa do Mundo de qualificação. O recorde era do Irã em uma vitória de 19 a 0 sobre Guam, em 2000, pelas mesmas eliminatórias da Copa do Mundo.
  • Este jogo também quebrou o recorde de um amistoso realizado pela Coreia do Norte contra Guam que resultou no placar de 21 a 0.
  • Archie Thompson, que só tinha jogado duas partidas internacionais com a seleção australiana marcou 13 gols na partida e quebrou o recorde de maior número de gols marcados em uma partida oficial da FIFA. David Zdrilic, com 8 gols, ficou sendo o segundo goleador na mesma situação. O Recorde de gols em um mesmo jogo pertencia ao dinamarquês Sophus Nielsen (nos Jogos Olímpicos de 1908) e ao alemão Fuchs Gottfried (nos Jogos Olímpicos de 1912) onde ambos haviam marcado 10 gols na mesma partida.

O goleiro Nicky Salapu tomou os 31 gols

  • Thompson também igualou o recorde mundial de maior número de gols marcados em um jogo junto a John Petrie que marcou 13 gols na vitória do Arbroath sobre Bon Accord por 36 x 0 em um torneio da Taça da Escócia em 1885.
  • O recorde anterior em uma eliminatória de Copa do Mundo era do australiano Gary Cole, contra Fiji na eliminatória para a Copa do Mundo de 1982 (em 14/08/1981) e do iraniano Karim Bagheri, contra Maldivas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1990 (2/6/97) com 7.
  • Foi depois das goleadas da Austrália que a OFC mudou o sistema das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Seleções mais avançadas da região, como Austrália e Nova Zelândia, entravam em fases mais adiantadas e, assim, evitando goleadas do tipo.
  • Naquela Copa, a Austrália acabou sendo eliminada pelo Uruguai, na repescagem, e ficou de fora da fase final do Mundial. Em 2006, finalmente os australianos voltavam à uma Copa do Mundo (tinham ido em 1974), eliminando justamente o próprio Uruguai.
  • A partir das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, a pedido da própria Austrália para a Fifa, a Seleção passou a disputar os jogos pela Ásia, para ter mais equilíbrio em seus jogos. Os adversários da Oceania eram muito abaixo dos Socceroos.

A maior goleada envolvendo seleções

Ficha Técnica
AUSTRÁLIA 31 X 0 SAMOA AMERICANA

Data: 11 de abril de 2018
Local: International Sports Stadium - Coffs Harbour - Austrália
Público: 3.000 expectadores pagantes
Árbitro: Ronan Leaustic (Taiti)
Assistentes: David Sau (Ilhas Salomão) e Michel Angot (Taiti)

Gols
Austrália: Con Boutsianis, aos 10′ do primeiro tempo e aos 5′ e 39′ do segundo, Archie Thompson, aos 12′, 23′, 27′, 29′, 33′, 37′, 42′ e 45′ do primeiro e 11′, 15′, 20′, 40′ e 43' do segundo, David Zdrilic, aos 13′, 21′, 25′ e 33′ do primeiro e 13′, 21′, 33′ e 44' do segundo, Aurelio Vidmar, aos 14′ do primeiro e 35′ do segundo, Tony Popovic, aos 17′ e 19′ do primeiro, Simon Colosimo, aos 16′ e 36′ do segundo, e Fausto De Amicis, 10′ do segundo tempo.

Austrália: 01 Michael Petikovic, 02 Kevin Muscat, 03 Craig Moore, 05 Tony Popovic (17 Scott Miller), 05 Tony Vidmar (15 Fausto De Amicis), 07 Aurelio Vidmar, 11 David Zdrilic, 12 Steve Horvat, 13 Con Boutsianis, 14 Simon Colosimo e 20 Archie Thompson - Técnico: Frank Farina

Samoa Americana: 01 Nicky Salapu, 04 Lisi Leututu (Mariko), 05 Soe Falimaua, 07 Lavalu Fatu, 08 Sulifou Faaloua, 09 Travis Sinapati, 13 Sam Mulipola, 15 Pati Feagiai, 16 Ben Falaniko (Ioane), 18 Tiaoali Savea, 20 Young Im Min - Técnico: Tunoa Lui
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações