quarta-feira, 21 de março de 2018

Renan Morales marca dois e Briosa vence Taboão por 3 a 1

Por Victor de Andrade, direto do Estádio Ulrico Mursa
Fotos: Flavio Hopp

Renan Morales foi o grande nome do jogo, fazendo dois gols

Em seu último jogo como mandante na primeira fase do Campeonato Paulista da Série A-3 de 2018, a Portuguesa Santista conseguiu mais uma vitória. Em partida realizada no Estádio Ulrico Mursa, na tarde desta quarta-feira, dia 21, a Briosa foi precisa no início e com dois gols de Renan Morales e outro de Emerson Guioto, derrotou o Taboão da Serra por 3 a 1. Fernando diminuiu para o Cão Pastor no segundo tempo.

Líder da competição, a Portuguesa Santista, com 38 pontos em 17 jogos, só teve uma derrota na competição. Na última rodada, a Briosa venceu o Desportivo Brasil, por 2 a 0, em casa. Já o Taboão da Serra passou o campeonato quase todo na zona de classificação, mas os últimos resultados não foram positivos. Na última rodada, o atual 11º colocado do torneio perdeu para o Atibaia, fora de casa, pelo placar de 2 a 1.

Quem iniciou o jogo pressionando, até porque precisava do resultado, foi o Taboão da Serra, que insistia em jogadas pelas lateriais, principalmente pela esquerda, com o experiente Lúcio, ex-Palmeiras. Porém, o primeiro lance de perigo foi da Briosa, com Renan Morales, após passe de Rômulo, aos 3 minutos. No escanteio, a Portuguesa Santista abriu o marcador: Diego Palhinha cobrou o córner, Anderson Magrão desviou no primeiro pau e Renan Morales, sozinho, entre os defensores adversários, marcou: 1 a 0 para a equipe da casa.

Aos 12', a primeira finalização do Taboão da Serra, em cobrança de falta de Fernando, que o goleiro Cleyton defendeu com tranquilidade. No lance seguinte, a Briosa fez o segundo. Diego Palhinha conduziu a bola e serviu Renan Morales na entrada da área. O atacante Rubro Verde ajeitou a bola e bateu com média força, mas com o campo molhado, Ricardo Berna se atrapalhou e levou um verdadeiro frango: 2 a 0 para a Portuguesa.

Rômulo passa pelo seu marcador pela esquerda

O Taboão sentiu os dois gols e só voltou a atacar aos 22 minutos, em bela jogada individual de Caio, mas Cleyton espalmou para a linha de fundo. A Portuguesa Santista respondeu em seguida, com Renan Morales, que mandou a bola na trave esquerda defendida por Ricardo Berna, quase marcando o seu terceiro gol na partida. O time Rubro Verde continuou no ataque e aos 29', Anderson Magrão arriscou de fora da área, Ricardo Berna espalmou e, no rebote, Rafael Ferro cruzou rasteiro para Renan Morales, que não conseguiu finalizar para o gol.

O Taboão chegou com perigo aos 34', quando Lúcio cobrou falta pela direita e a bola passou perto do gol defendido pela Briosa, mas ninguém conseguiu aproveitar. Aos 40', o Cão Pastor até balançou as redes com Caio, após cruzamento de Gabriel, mas a arbitragem apontou impedimento no lance. E assim, a primeira etapa terminou com o placar de 2 a 0 para o time da casa.

Os visitantes voltaram pressionando no segundo tempo, buscando diminuir o marcador. Aos 8', Lúcio fez boa jogada individual e tentou surpreender Cleyton em lance de cobertura, mas a bola foi para fora. A Briosa respondeu aos 13' com Tufa, que recebeu lançamento de Gustavo Henrique, dominou no peito e bateu forte, mas o goleiro Ricardo Berna defendeu. Na sobra, Diego Palhinha arriscou da entrada da área, mas a bola saiu acima do travessão.

Aos 19', depois de briga pela bola no meio de campo, Fabricio Tosi puxou o ataque da Briosa e bateu da entrada da área, mas Ricardo Berna segurou firme o chute. Dois minutos depois, pênalti para a Portuguesa: Diego Palhinha lançou Anderson Magrão, que foi puxado, já dentro da área, por Vinícius Costa. O próprio centroavante Rubro Verde foi para a cobrança, mas o goleiro do Taboão da Serra fez excelente defesa, salvando o Taboão de levar o terceiro gol em Ulrico Mursa.

Diego Palhinha fez grande partida e participou nos lances de gol

E a Briosa mandou outra bola na trave aos 25 minutos. Em belo contra-ataque, Carlos Alberto passou a bola para Diego Palhinha, que serviu Anderson Magrão. O centroavante dominou, girou em cima do marcador e bateu a bola na trave direita defendida por Ricardo Berna. Aos 30', foi a vez de Carlos Alberto arriscar de fora da área, mas o goleiro do Cão Pastor fez boa defesa.

Em um dos raros ataques do Taboão da Serra na segunda etapa, aos 38', a equipe da grande São Paulo diminuiu: Diego Souza cobrou escanteio pela direita e achou Fernando, sozinho, que cabeceou para o fundo das redes: 2 a 1 em Ulrico Mursa. Em seguida, quase a Briosa faz o terceiro com Diego Palhinha, mas a bola bateu em Vinícius e saiu pela linha de fundo.

A Briosa ainda teve tempo para fazer o terceiro. Aos 44 minutos, depois de boa jogada de Carlos Alberto, Ricardo Berna espalmou chute do meia, mas no rebote, Emerson Guito, sozinho só tocou a bola para o fundo das redes, fazendo a festa dos 701 torcedores que estiveram presentes no Estádio Ulrico Mursa: 3 a 1 para a Portuguesa Santista e fim de jogo em Santos.

A Portuguesa Santista encerra a primeira fase do Campeonato Paulista da Série A-3 no próximo domingo, às 10 horas, contra o Barretos, no Estádio da Fortaleza. Já o Taboão da Serra recebe o Noroeste, no mesmo dia e horário, no Estádio Vereador José Feres.

A vitória deixa a Briosa bem próxima de terminar em primeiro na fase inicial

Ficha Técnica
PORTUGUESA SANTISTA 3 X 1 TABOÃO DA SERRA

Data: 21 de março de 2018
Local: Estádio Ulrico Mursa - Santos-SP
Público: 701 pagantes
Renda: R$ 9.070,00
Árbitro: Ricardo Bittencourt da Silva
Assistentes: José Lucas Cândido de Souza e Ademilson Lopes da Silva Filho

Cartões Amarelos
Portuguesa Santista: Carlos Alberto, Tufa e Cleyton
Taboão da Serra: Vinícius Costa

Gols
Portuguesa Santista: Renan Morales, aos 4' e aos 12' do primeiro tempo. Emerson Guioto, aos 44' do segundo tempo.
Taboão da Serra: Fernando, aos 38' do segundo tempo

Portuguesa Santista: Cleyton; Rafael Ferro, Dema, Gustavo Henrique e Rômulo; Diogo Lopes, Tufa (Emerson Guioto), Carlos Alberto (Kauê Ramos) e Diego Palhinha; Renan Morales (Fabrício Tosi) e Anderson Magrão - Técnico: Sérgio Guedes

Taboão da Serra: Ricardo Berna; Edson Cruz (Vinicius), Vinícius Costa, Souza e Lúcio; Fernando, Marcelinho, Caio e Diego Souza; Kaká (Douglas) e Gabriel (Cecel) - Técnico: Axel
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações