sexta-feira, 30 de março de 2018

Hungria 10 x 1 El Salvador - Em 1982, a maior goleada da história das Copas

Por Lucas Paes 

O placar apontando o placar final: 10 a 1 para os magiares

A Hungria é uma seleção de alguma tradição no cenário do futebol mundial, porém há alguns anos os Magiares vivem adormecidos em um sono que parece eterno. Em 1982, num dos últimos suspiros de sua história de certa forma brilhante, a Hungria aplicou a maior goleada da história das Copas do Mundo até os dias atuais.

A Hungria, que era considerada uma das seleções mais fortes da Europa, mesmo antes do time que encantou o mundo na primeira metade da década de 50, havia ficado de fora das Copas de 1970 e 1974, o que nunca havia acontecido via Eliminatórias (em 1930 e em 1950, os magiares não se inscreveram para a competição). Os húngaros voltaram ao Mundial em 1978, quando caíram na primeira fase, Então, em 1982, eles queriam mostrar ao mundo que estavam voltando aos seus melhores dias.

Na estreia, o time magiar encararia El Salvador, que estrearia na sua segunda Copa do Mundo na história. A primeira foi em 1970, aproveitando-se do fato do México ser o país-sede, abriu-se uma segunda vaga para a Concacaf, e a equipe se classificou. Já em 1982, com os mexicanos ficando de fora do Mundial, El Salvador e Honduras conseguiram suas vagas para a competição.

O primeiro tempo terminou "só" 3 a 0

O duelo foi no dia 15 de junho de 1982, no Nuevo Estadio, em Elche, pela primeira rodada do grupo três. No português mais claro do mundo, os húngaros já começaram o jogo praticamente colocando a bola nas redes. Aos 4 minutos, num escanteio vindo da direita do ataque magiar, Nyilasi subiu e começou o massacre. Sete minutos depois, Polaskei marcou o segundo em um contra ataque rápido. Ainda no primeiro tempo, Fazekas, de longe marcou o terceiro, um golaço por sinal.

Na etapa final, Toth precisou de cinco minutos para fazer mais um. Quatro minutos depois, Fazekas fez o quinto e o segundo dele na partida. Com quase 20 minutos jogados, Ramirez fez história em uma confusão na área marcou o único gol de El Salvador em Copas do Mundo. Porém, a alegria latina durou pouco e poucos minutos depois Kiss marcou o sexto da Hungria, mas os Magiares ainda queriam mais. 

Szentes pintou o sete aos 25’. Quatro minutos depois, Kiss fez o segundo dele no jogo e o oitavo dos Magiares Poderosos. O jogador com nome de banda ainda faria mais um pouco tempo depois. Aos 38 do segundo tempo, coube a Nyilasi, que abriu a goleada, fechá-la, também de cabeça. A história estava escrita.

O único gol de El Salvador saiu quando a Hungria já tinha feito cinco

Na sequência daquela Copa do Mundo, que ficou marcada eternamente para os brasileiros pela Tragédia do Sarriá, a Hungria foi goleada pela Argentina por 4 a 1 e empatou com a Bélgica, acabando eliminada na primeira fase. Os salvadorenhos tiveram outras duas derrotas, de 2 a 0 para a Albiceleste e 1 a 0 para os belgas e também saíram na primeira fase. 

Aquela foi a única Copa jogada por El Salvador e a penúltima jogada pela Hungria, que não vai a um mundial há 32 anos e a contagem segue, já que eles não estarão na Rússia este ano. Mas a maior goleada da história da maior competição de futebol do mundo é dos Magiares. Uma página no meio de uma bonita história que cada vez parece mais distante.

Confira os gols da partida
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações