quarta-feira, 7 de março de 2018

Cabofriense vence o Madureira por 2 a 0 pela quarta rodada da Taça Rio

Por Diely Espindola, direto do Estádio Conselheiro Galvão

Em jogo realizado na tarde desta quarta-feira, o Madureira foi derrotado em casa pela Cabofriense
(foto: Léo Borges/Ascom Cabofriense)

Madureira e Cabofriense se enfrentaram nesta quarta feira (07) em jogo válido pela quarta rodada da Taça Rio. A partida aconteceu na casa do Madureira, o estádio Conselheiro Galvão. O jogo terminou em 2 a 0 para a equipe da Região dos Lagos.

O início da partida foi equilibrado, com ambas as equipes marcando bem e priorizando a defesa, resultando em poucas finalizações, e muitas faltas. Ainda aos 3 minutos, o lateral do Madureira, Douglas Lima, já havia pedido substituição por conta de um lance envolvendo Wellington Junior, lateral da Cabofriense.

O grande destaque do primeiro tempo ficou por conta da defesa da Cabofriense, muito bem fechada e marcando com eficácia, o que dificultava a chegada do Madureira na área. O Madureira por sua vez caprichou no toque de bola, mas encontrou dificuldades para se desvencilhar da marcação adversária.

Apesar de não tão fechada quanto a da Cabofriense, a defesa do Madureira também deu trabalho para a equipe da Região dos Lagos. O primeiro tempo acabou tendo poucas finalizações para ambas as equipes, que no entanto finalizavam bem quando encontravam oportunidade.

Aos 28 minutos. Wellington Junior cruzou na área, e em jogada aérea João Carlos marcado por dois zagueiros do Madureira, consegue subir mais que a defesa e abre o placar para a Cabofriense. Dez minutos depois o Madureira encontraria a praticamente única chance efetiva de marcar durante o primeiro tempo, e também em um cruzamento, Gustavo acerta a rede, porém a bandeira sobe.

O resultado praticamente tira o Madureira da briga
(foto: Diely Espíndola)

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, um susto para a Cabofriense. Em lance muito parecido com a jogada anulada do primeiro tempo, novamente Naninho cruza para Gustavo, que cabeceia quase certeiro, mas o goleiro George faz defesa milagrosa.

Aos 18 minutos, mais trabalho para George. Em lance inacreditável, Catatau cabeceia para o gol, George defende, a bola ainda bate no travessão, e parece entrar no gol, Os jogadores do Madureira comemoram, mas o árbitro não dá o gol.

Aos 29 minutos, Watson amplia para a Cabofriense. Após vários minutos de pressão sem sucesso do Madureira, a Cabofriense consegue o contra ataque e em jogada pela esquerda, Watson invade a área, afasta a marcação e finaliza sem chances de defesa para Jonathan.

Apesar do resultado, a pressão nos 20 minutos finais da partida é toda por conta do Madureira. A equipe chega muito á área, mas não consegue acertar as finalizações. Sob protestos da torcida e gritos de "time sem vergonha", o Madureira não consegue marcar, e a partida termina em 2 a 0 para a Cabofriense. A equipe empata em seis pontos na tabela com Vasco e Flamengo, porém estes ainda jogarão nesta rodada.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações