quarta-feira, 14 de março de 2018

Brasil é derrotado pela Colômbia no Sul-Americano Feminino Sub-17

Jogo foi equilibrado e a Colômbia teve melhor desempenho na finalização (foto: divulgação FCF)

Nesta quarta-feira (14), em jogo eque estava previsto para o dia anterior, a Seleção Brasileira Feminina entrou em campo diante da Colômbia já classificada para a próxima fase do Sul-Americano Sub-17, disputado em San Juan, na Argentina. Jogando de forma ofensiva, a equipe comandada pelo técnico Luizão viu a goleira adversária fazer boas defesas e acabou saindo do Estádio San Juan del Bicentenario com a derrota por 1 a 0.

A disputa pelo primeiro lugar do Grupo A começou com a Seleção Brasileira pressionando bastante a Colômbia nos primeiros minutos da partida. As boas investidas foram paradas na goleira Michelle. As adversárias, que apenas se defendiam, conseguiram o gol aos seis minutos. Natalia Ramirez aproveitou um descuido da zagueira Lauren, roubou a bola e abriu o placar para as colombianas.

O Brasil seguiu criando boas oportunidades, como na finalização de Juliana, aos oito minutos, defendida por Michelle. Aos 23, após cobrança de falta, Jheniffer mandou muito perto do gol. Depois, Vitória cruzou da esquerda, e a camisa 9 quase marcou de cabeça. Aos 37, após boa jogada pelo meio, a bola chegou em Vitória, que finalizou bem, mas viu a bola passar por cima do gol. Outra boa chegada foi quando Gisseli cruzou da direita, a bola desviou na zaga adversária e sobrou para Queila, que chutou com categoria e obrigou Michelle a mandar para escanteio. Quase no final do primeiro tempo, Lauren cometeu falta em Natalia Ramirez em situação clara de gol e acabou sendo expulsa com o cartão vermelho direto.

Brasil perdeu a invencibilidade na competição (foto: Leandro Sanchez)

Na volta do intervalo, o Brasil seguiu em busca do gol, mas a bola insistiu em não entrar. Aos 16 minutos, Julia cobrou falta e viu a goleira Michelle mandar a bola na trave. Depois, aos 23, Queila cruzou bem na área, mas a defesa afastou o perigo. A Colômbia também tentou mudar o placar, mas Lucilene foi eficiente nas defesas. Em uma delas, aos 32 minutos, a camisa 1 do Brasil defendeu a finalização de Natalia Rodriguez, que avançou pela lateral esquerda e chutou com perigo. O jogo seguiu com as duas equipes ofensivas até o apito final, mas sem alteração no marcador.

Com o resultado, o Brasil, que jogou com Lucilene no gol; Isabela, Vitória Bruna, Lauren e Gisseli na defesa; Queila (Bruna), Miriam Cristina (Layssa), Vitória e Julia no meio e; Jheniffer e Emily (Yasmin) no ataque. está com nove pontos e cinco gols de saldo, ocupando o segundo lugar do Grupo A – já garantido na próxima fase. A Colômbia também avançou (tem a mesma pontuação e nove gols de saldo), mas ainda tem um jogo a disputar. Assim, matematicamente, a disputa pelo primeiro lugar da chave ainda está em aberto. O Peru tem três pontos e aparece na terceira posição, e Equador e Argentina ainda não pontuaram. O time brasileiro deve voltar à campo somente na próxima semana.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações