quarta-feira, 14 de março de 2018

A frustrada época de jogador e o inicio como treinador de Sampaoli

Por Lucas Paes 

Jorge Sampaoli e Manuel Pellegrini em jogo entre Newell's e Universidad de Chile

O argentino Jorge Sampaoli é um dos maiores treinadores da história da Seleção Chilena, responsável pelo primeiro grande título da história da "La Roja", a Copa América de 2015. As equipes montadas por ele, nascido em 13 de março de 1960, em Casilda, geralmente tem estilos de jogo baseadas na ofensividade e na posse de bola. Mas, antes de ser treinador, Sampaoli tentou a carreira de jogador de futebol. 

Apaixonado pelo esporte desde a infância, ele jogou muito tempo nas ligas amadoras de sua cidade natal, Cassilda e na região de Santa Fé, na Argentina. Já na adolescência, passou a fazer parte das categorias de base do Newell's Old Boys, onde chegou a jogar profissionalmente. Com apenas 19 anos, uma lesão séria na Fíbula e na Tíbia o obrigou a deixar a carreira. 

Sua carreira no banco de reservas começa com as categorias de base do Alumni, de Casilda, em 1992. Dois anos depois passa a dirigir o time principal da equipe. Passou por vários clubes da liga local e da região de Rosário. Em 1996, ficou famoso no país inteiro, pois numa partida em que Sampaoli estava impedido de ir ao banco de reservas, ele procurou uma árvore e subiu nela para gritar instruções para seu time. A foto deste momento foi parar no La Capital, da cidade de Rosário. 

Sampaoli no Juan Aurich, em 2002

Seu sucesso nessas divisões inferiores chamou a atenção do Juan Aurich, que o contratou em 2002, sendo ali a primeira experiência de Don Sampa na primeira divisão. Durou apenas oito jogos na equipe peruana. No mesmo ano, foi para o Sport Boys, também do Peru, onde ficou até o Campeonato Peruano de 2003. Acertou com o Coronel Bolognesi, que foi o primeiro clube onde acabou ficando mais tempo, chegando a comandar a equipe na Copa Sul Americana de 2006. 

A carreira de Sampaoli como treinador só “explodiria” quatro anos depois, quando ele chegou a Universidad de Chile. Na La U, montou um dos times mais fortes da história do clube, que tinha um futebol vistoso e agradável de ver, além de ser extremamente ofensivo. Chegou até as semifinais da Libertadores de 2012. Em dezembro daquele ano, foi chamado para substituir Claudio Borghi na Seleção Chilena. O resto, como nós sabemos, é história.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações