quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Lusa Carioca bate Briosa nos pênaltis na abertura da Copa Rubro-Verde

O primeiro gol da Lusa Carioca foi marcado por Alexsandro, de pênalti
(foto: reprodução Facebook Portuguesa Rio)

A interessante Copa Rubro-Verde, com a participação de quatro times chamados Portuguesa (de Desportos, Santista, Carioca e Londrinense), teve início na noite desta quinta-feira, dia 4, no Canindé, em São Paulo. E o torneio foi aberto com o confronto entre a Lusa Carioca e a Briosa, da Baixada. E o time do Rio de Janeiro levou a melhor nos pênaltis, depois de um 2 a 2 no tempo normal.

Apesar do pré-favoritismo da Lusa Carioca, até por estar em melhor situação de divisão (é a única equipe das quatro participantes que está na elite em seu estado, foi a Briosa que começou melhor o jogo. Com isto, o time da Baixada Santista abriu o marcador aos 8 minutos. Após bate-rebate, a bola sobrou para Rodriguinho, perto da marca do pênalti, e o experiente atacante estufou as redes do Canindé: 1 a 0 Portuguesa Santista.

A Briosa ainda pressionou, tentando fazer o segundo tento. Porém, aos poucos, a Portuguesa do Rio de Janeiro foi equilibrando as ações e passou a buscar o empate, que veio apenas aos 42 minutos. Após confusão na área do time da Baixada, a bola bateu na mão do zagueiro Thiago Moura e a arbitragem não teve dúvidas: pênalti! Alexsandro foi para a cobrança e bateu bem, sem chances para o goleiro Cleyton: 1 a 1 no placar do Canindé.

Já na segunda etapa, as duas equipes foram em busca do gol da vitória. A Lusa Carioca teve grande chance aos 3 minutos, com Michael, em bela cobrança de falta, mas Cleyton fez boa defesa. Aos 8', a Briosa respondeu com Thiago Moura, que subiu mais que toda a defesa do time do Rio de Janeiro, mas cabeceou a bola para fora.

Partida foi equilibrada, com várias chances de gols

Aos 17 minutos, a Portuguesa Carioca chegou ao gol de virada. Em cobrança de falta pela direita, Romarinho alçou a bola na área e Luan, de carrinho e em posição duvidosa, desviou a bola do goleiro Cleyton, balançando as redes e colocando o time do Rio de Janeiro em vantagem no marcador. Mas aos 30', o artilheiro apareceu novamente. A defesa da Lusa Carioca deu um vacilo e Rodriguinho teve a calma de marcar o seu segundo gol no jogo e da Briosa: 2 a 2. Com este resultado, a disputa por uma vaga na final do torneio foi para a decisão por pênaltis.

Na penalidades, Michael, Jonathan, Cássio, Sassá e Fabinho converteram para a Lusa Carioca e Rômulo, Rodriguinho e Wendel fizeram para a Briosa, mas como Thiagou Moura desperdiçou a sua cobrança, a vitória ficou com o time do Rio, que volta a campo no próximo domingo, dia 7, às 18h15, contra o vencedor de Portuguesa de Desportos e Portuguesa Londrinense. Já a equipe da Baixada joga no mesmo dia, às 16 horas, contra o time derrotado do outro confronto. Os dois jogos serão no Canindé.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações