quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Briosa domina São Carlos e vence a segunda na A-3

Por Victor de Andrade, direto do Estádio Ulrico Mursa
Fotos: Flavio Hopp

Com a vitória, a Portuguesa Santista chega aos nove pontos e está invicta na competição

Fazendo o seu melhor jogo até aqui no Campeonato Paulista da Série A-3, a Portuguesa Santista conseguiu a sua segunda vitória na competição. Em partida realizada no Estádio Ulrico Mursa, a Briosa teve diversas chances de marcar, mas fez apenas 1 a 0, gol de Rafael Ferro, no São Carlos, na noite desta quarta-feira, dia 31.

E as duas equipes entraram em campo embaladas. No sábado, a Portuguesa Santista finalmente conseguiu sua primeira vitória na competição, quando fez 3 a 0 no Marília, fora de casa. O São Carlos também foi bem como visitante, batendo o Atibaia, em Indaiatuba, por 1 a 0. Uma vitória na partida de hoje colocava qualquer uma das equipes de vez na briga pela classificação.

Depois de um dia de sol, a chuva chegou em Santos minutos antes do início de muita chuva e debaixo de muita água a partida começou com a Portuguesa Santista pressionando o São Carlos. Em menos de cinco minutos, a Briosa chegou com perigo em lance de Wendel, que preferiu cruzar ao invés de finalizar, e com Anderson Magrão, que foi travado por Lucão. Aos 8', Wendel quase marcou, mas Wágner fez a defesa.

Aos 14, Rafael Ferro, pela direita, cruzou a bola na área, Wágner saiu, mas deixou a bola escapar. Porém, o goleiro do São Carlos conseguiu se recuperar antes que Wendel chegasse. Em seguida, o primeiro lance de perigo dos visitantes: Marcelinho, de fora da área, arriscou chute venenoso que passou perto do gol defendido por Cleyton. Edimilson ainda arriscou chute de fora da área aos 23', mas Wágner defendeu com facilidade.

Aos 29', por muito pouco a Portuguesa Santista não abriu o marcador. Rafael Ferro novamente acertou um belo cruzamento e Wendel, de cabeça, chegou a até sair para comemorar, mas a bola caprichosamente bateu na trave esquerda defendida por Wágner, travando o grito de gol da torcida Rubro Verde. Depois, Diego Palhinha cruzou para Edimilson que cabeceou a queima roupa, mas Wágner fez excelente defesa. E por incrível que possa parecer, no escanteio Anderson Magrão perdeu outra grande chance, novamente de cabeça.

Aos 35', outra grande chance da Briosa. Edimilson achou Wendel sozinho entrando na área, mas o atacante se atrapalhou e escorregou na hora do chute, facilitando a defesa de Wágner. Já nos acréscimos, Edimilson teve a chance de marcar, mas a zaga do São Carlos conseguiu travar o chute, conseguindo levar o jogo para o intervalo com o placar de 0 a 0.

No segundo tempo, a Briosa chegou com perigo aos 11 minutos. Em escanteio cobrado pela direita, Thiago Moura subiu mais que todo mundo e cabeceou a bola, que passou perto do ângulo esquerdo do gol defendido por Wágner. Em seguida, Wendel saiu cara a cara com Lucão, mas cortou para o lado errado e facilitou a defesa do time visitante.

Aos 16', finalmente a rede balançou e foi da Briosa! Diego Palhinha fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para a área. A bola passou por todo mundo e o lateral direito Rafael Ferro, em velocidade, dominou a bola e tocou na saída do goleiro Wágner: 1 a 0 para a Portuguesa Santista, no instante em que a chuva voltava a dar as caras no Estádio Ulrico Mursa.

A Briosa continuou em cima do adversário. Aos 22', Wendel teve nova chance, mas Wágner fez boa defesa Em seguida, depois de bela troca de passes da Portuguesa Santista, Wendel tentou servir Alexandre Magrão, mas o goleiro do São Carlos saiu antes e fez a defesa.  Aos 27', Anderson Magrão fez o corta-luz para o Wendel, que girou e bateu para fora.

Aos 39', Wendel fez um grande lance, deu um belo drible em Lucão, invadiu a área mas finalizou mal, chutando por cima do gol, perdendo mais uma chance para a Portuguesa. No fim, o São Carlos foi para o "tudo ou nada", tentando a pressão e bolas alçadas na área do goleiro Cleyton, mas não conseguiu marcar. Com isto, a Briosa venceu a partida por 1 a 0.

A Briosa, que com a vitória chegou aos nove pontos (duas vitórias e três empates) volta a campo no próximo sábado, dia 3 de fevereiro, quando enfrenta o Manthiqueira, no Estádio Dario Rodrigues Leite, em Guaratinguetá, às 16 horas. Já o São Carlos também joga no sábado, só que às 17 horas, quando enfrenta o Marília em casa.

Agora, a Briosa encara o Manthiqueira no próximo sábado, em Guaratinguetá

Ficha Técnica
PORTUGUESA SANTISTA 1 X 0 SÃO CARLOS

Data: 31 de janeiro de 2018
Local: Estádio Ulrico Mursa - Santos-SP
Público: 680
Renda: R$ 9.105,00
Árbitro: Rafael Gomes Félix da Silva
Assistentes: Marco Antônio de Andrade Mota Junior e Leonardo Tadeu Pedro

Cartões Amarelos
Portuguesa Santista: Boré
São Carlos: Geovane e Gustavo Henrique

Gols
Portuguesa Santista: Rafael Ferro, aos 16' do segundo tempo

Portuguesa Santista: Cleyton; Rafael Ferro, Dema, Thiago Moura e Romulo; Diogo Lopes, Tufa (Emerson Guioto), Carlos Alberto (Edimilson) (Boré) e Diego Palhinha; Wendell e Anderson Magrão - Técnico: Sérgio Guedes

São Carlos: Wágner; Veloso, Carlão, Lucão e Douglas; Pepe, Marcus Vinicius, Marcelinho (Neto) e Renatinho (Geovane); Gustavo Henrique e Maranhão (Wallace) - Técnico: Edson Vieira
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações