sábado, 9 de dezembro de 2017

Ronaldo e Os Impedidos - De goleiro à vocalista

Por Lucas Paes

Ronaldo e Os Impedidos fazendo show no Rock na Praça (foto: divulgação Rock na Praça)

Ronaldo Giovanelli é, como jogador, um dos maiores ídolos da história do Corinthians. Além disso, fez grandes defesas com as camisas de Fluminense, Cruzeiro, Gama, Portuguesa, Ponte Preta, Inter de Limeira e Portuguesa Santista. Mas ele, que atualmente é comentarista da Rede Bandeirantes de Televisão, também tem uma ocupação que nada tem haver com o futebol, mais precisamente no rock: a sua banda, Ronaldo e os Impedidos.

O gosto de Ronaldo pelo rock começa de maneira curiosa. Após uma vizinha desesperada com a morte de Élvis Presley ser consolada por sua mãe, ele ficou curioso com o nome. Quando um tio trouxe discos do Rei do Rock, Giovanelli se encantou com as musicas e com a voz de Élvis. Alguns anos depois, aos 18, mesmo já a caminho dos profissionais do Timão, passou a fazer aula de bateria e violão.

Capa do primeiro disco, lançado nos anos 90

Já a história da banda Ronaldo e os Impedidos começa quando ele ainda era jogador. Em 1996, sabendo que era fã de Elvis Presley, ele foi convidado por uma rádio rock de São Paulo para fazer uma versão de seu ídolo na música. O resultado foi tão interessante que o pessoal da emissora e o próprio goleiro se interessaram por fazer uma nova carreira. E assim surgia o Ronaldo e os Impedidos.

Ainda em 1996 foi lançado o primeiro disco da banda, que foi auto-intitulado. Apesar de não ser exatamente um sucesso enorme, o disco emplacou a música "O Nome Dela", que chegou a tocar nas rádios rock de São Paulo e teve o clipe veiculado na antiga MTV, sendo que sempre figurou no Top 10 das mesmas na época do lançamento. O disco também garantiu participações em programas de TV como o Domingão do Faustão e o programa do Raul Gil.

Clipe de "O Nome Dela", música de trabalho do primeiro disco

Com um som que lembrava muito o de bandas oitentistas do Rock Brasileiro, impressionava a voz de Ronaldo, que fazia um grave interessante. O segundo disco foi chamado de Ronaldo e os Fora da Lei. A música mais conhecida do trabalho foi a "Passaporte Falso". Porém, pouco depois desse disco, a banda se dissolveu. As concentrações e jogos minavam o tempo do goleiro, que resolveu se concentrar no fim de sua carreira como atleta. 

Ao encerrar a carreira, Ronaldo resolveu voltar com as atividades de músico. O primeiro retorno do Ronaldo foi em 2010, nos festejos do aniversário do Corinthians, apesar de ensaios acontecerem antes. Em 2015, com o novo trabalho denominado "Onde está o Rock'n'Roll", a banda voltou a tocar constantemente.

Onde Está o Rock'n'Roll, nova música de trabalho

A banda continuar na ativa, com algumas mudanças na formação. Na bateria, Nina Pará comanda as baquetas, a dupla de guitarristas seguia com Roberto Tico Rizzo e Fares Junior, que tocaram na formação antiga. No baixo estava o Bolinha, que deixou o grupo depois. Neste disco, a faixa-título teve um videoclipe divulgado no YouTube. 

Atualmente, a banda segue fazendo shows, principalmente em casas na capital e Grande São Paulo. Ronaldo concilia o trabalho de comentarista com a carreira musical. Porém, não há datas de shows no mês de Dezembro.

Página oficial no Facebook: https://www.facebook.com/ronaldoeosimpedidos/
Página oficial: http://ronaldoeosimpedidos.com/ 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações