domingo, 3 de dezembro de 2017

Palmeiras bate Ponte Preta e conquista Paulista Sub-20


Muita festa no Pacaembu: foi o terceiro estadual do Palmeiras nas categorias de base em 2017
(foto: Fabio Menotti/Agência Palmeiras)

Nem parecia que a vantagem do empate daria o título ao Palmeiras na tarde deste sábado (2). A equipe da casa jogou no ataque e foi recompensada com a vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta e os aplausos da torcida no Pacaembu, que comemorou o título do Campeonato Paulista Sub-20 (o terceiro Estadual da base do clube em 2017).

Empurrado pela torcida, o Palmeiras começou pressionando e logo na primeira jogada, Yan chutou de dentro da área obrigando o goleiro Yan a esticar todo para fazer uma linda defesa. Dois minutos mais tarde, o meia palmeirense ganhou da zaga na velocidade, porém o arqueiro da Ponte estava atento e saiu do gol para cortar a jogada.

A tônica do confronto continou a mesma nos minutos seguintes. Os donos da casa buscavam mais o gol e criavam as principais jogadas, enquanto o time do interior explorava o contragolpe. No entanto, quem explorou bem a velocidade foi o centroavante Léo Passos que, em jogada pela direita, ainda deu um drible de corpo no zagueiro Handerson, sendo parado somente com o pênalti. Na cobrança, José Aldo teve tranquilidade e deslocou o goleiro para abrir o marcador.

Nem mesmo a vantagem no placar tirou o ímpeto do Alviverde que seguiu no ataque até o final da primeira etapa e quase ampliou nos acréscimos, quando Léo Passos apareceu na cara do goleiro Yan, que salvou a queima roupa.

A equipe campeã (foto: divulgação FPF)

No intervalo, o técnico da Ponte Preta apostou na entrada de Walisson, que sábado passado decidiu a final do Paulista Sub-17 em prol da Ponte Preta ao marcar os três gols da vitória por 3 a 1 diante do Palmeiras. Porém, a missão do goleador ficou mais difícil logo no ínicio do segundo tempo, quando Handerson, que havia levado cartão no lance do pênalti, parou com falta o contra-ataque adversário, recebendo outro amarelo e, consequentemente, o vermelho.

Com o controle absoluto da partida, o Palmeiras passou a arriscar menos, levando perigo em alguns chutes de fora da área. O técnico Wesley Carvalho promoveu uma série de mudanças e fez com seu time mantivesse a posse de bola e fizesse o tempo passar. Os visitantes arriscaram algumas saídas esporádicas, sem grandes ameaças ao gol de Daniel Fuzato. Assim o embate caminhou até o apito final do árbitro, para a festa da torcida.

Ficha técnica
PALMEIRAS 1 X 0 PONTE PRETA

Data: 2 de dezembro de 2018
Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu;
Público total: 8.124 pessoas.
Árbitro: Thiago Luis Scarascati;
Assistentes: William Trufelli Malaquias e Robson Ferreira Oliveira

Gol
Palmeiras: José Aldo, aos 34' do primeiro tempo

Cartões amarelos
Palmeiras: Matheus Bahia
Ponte Preta: Handerson e Reynaldo

Cartão vermelho
Ponte Preta: Handerson

Palmeiras: Daniel Fuzato; Johnny, Pedrão (Pablo), Augusto e Matheus Bahia (Julio); Matheus Neris (Gabriel Furtado), Léo Paulino (Juninho), Yan e José Aldo (Airton); Fernando e Léo Passos (Papagaio) - Técnico: Wesley Carvalho.

Ponte Preta: Ivan; Emerson (Lyncon), Handerson, Reynaldo e Heitor; Marquinhos (Camilo), Regino e José Ricardo (Alan); Mateus Rodrigues (Walisson), Thiaguinho (Marthã) e Yuri - Técnico: Leandro Zago.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações