sábado, 16 de dezembro de 2017

Onde estão os campeões brasileiros de 2002

Por Lucas Paes 

Os campeões brasileiros de 2002. Onde está cada um deles?

O dia 15 de dezembro é sempre um dia de recordações especiais para os santistas. Em 2017, especificamente, o título do Brasileirão de 2002 completa 15 anos. Um título que tem muito valor para a torcida, já que o clube estava em um jejum de 18 anos de títulos importantes.

Até hoje, as imagens de Robinho pedalando para cima de Rogério, no lance onde gerou o pênalti do primeiro gol do Peixe. Mas afinal, onde estão os jogadores que protagonizaram aquela linda página da história santista? É isto que vamos apresentar agora:

Fábio Costa - Um dos heróis da final diante do Corinthians, Fábio, depois de passar pelo rival da final, voltar ao Santos e ser emprestado ao Atlético Mineiro, se aposentou em 2013, no São Caetano,  e atualmente trabalha agenciando jogadores.

Julio Sérgio - Goleiro que jogou boa parte daquele campeonato devido a lesão de Fábio Costa, Julio atualmente é treinador. Em 2017 esteve no Olímpia, do interior de SP.

Maurinho - Um dos surpreendentes bons valores daquele time, Maurinho se aposentou em 2015, no Fernanópolis, depois de ter sua carreira atrapalhada por diversas lesões. Em 2003 ele esteve também no excelente Cruzeiro que conquistou a triplicar coroa.

Michel - Um dos reservas que entrou naquela final e foi titular no primeiro jogo da decisão, pois Maurinho estava suspenso, Michel passou ainda por clubes como São Paulo e Avaí. Seu último clube foi o Serrano, em 2012. 

Léo - Um dos maiores ídolos da história do Santos, o lateral Léo se aposentou em 2014, tendo um jogo oficial de despedida ano passado. Trabalhou na campanha de Modesto Roma nas eleições deste ano no Santos e virou conselheiro do clube.

Alex - Um dos destaques daquele time, que estava para ser dispensado do Sub-20 quando Leão o viu e levou para o profissional, o zagueiro se aposentou em 2016, após sair do Milan. Até tentou voltar ao Santos, mas o clube não demonstrou interesse.

André Luis - Após sair do Santos, teve uma carreira de altos e baixos, com destaques positivos para as passagens positivas por Botafogo e Barueri e negativa pelo São Paulo. Ainda não se aposentou e defendeu Taboão da Serra e Hercílio Luz em 2017.

Preto - Reserva que entrou bastante naquele ano, logo após cumprir suspensão por ter falsificado a idade, o famoso 'gato', Preto rodou o mundo jogando futebol e esteve em 2013 na Portuguesa Santista, que foi seu último clube.

Paulo Almeida - O capitão daquele time também foi um andarilho da bola. Passou por Benfica, Corinthians e Náutico, além de jogar por diversos clubes pequenos de vários estados brasileiros. Parou em 2015, no Vitória da Conquista, da Bahia.

Renato - Um dos jogadores mais importantes do título, Renato ficou o campeonato inteiro sem tomar cartão. Passou por Sevilla e Botafogo e voltou ao Santos em 2014, onde ainda é titular e exibe sua categoria pelos campos do Brasil e América do Sul.

Diego - O mais jovem daquela equipe, Diego teve um relativo sucesso na carreira jogando na Europa, principalmente por Werder Bremen, Wolfsburg e Atlético de Madrid. Voltou para o Brasil em 2016 e atualmente joga pelo Flamengo.

Elano - Destaques daquele time, Elano foi para a Europa, jogou a Copa do Mundo de 2010, voltou para o Santos, depois teve passagens por Grêmio e no fim de carreira intercalou atuações na Índia e no Peixe, onde encerrou a carreira no ano passado. No último Brasileirão, foi treinador do Alvinegro.

Robert - O jogador de mais nome antes do início daquele campeonato, Robert foi vice em 1995 pelo próprio Santos. A final de 2002 foi o último jogo dele pelo clube. Ele ainda passou por Corinthians e América do Rio e aposentou em 2006. Hoje trabalha agenciando jogadores.

Alexandre - Um dos reservas que mais atuaram naquele time, Alexandre era sempre a primeira opção para os lugares de Paulo Almeida e Renato. Há pouca informação sobre o paradeiro dele, a última notícia foi de uma passagem pelo São José, em 2013.

Robinho - Principal destaque daquela final, o Rei das Pedaladas fez fama no futebol, passando por Real Madrid, Manchester City e Milan. Disputou duas Copas, teve mais duas passagens pelo Santos e está atualmente no Atlético Mineiro. Ele enfrenta acusação de estupro na justiça italiana.

Alberto - Artilheiro do Santos naquele campeonato, Alberto rodou (foi mais um que passou pelo Corinthians) e se aposentou na Catanduvense, em 2010. Atualmente, ele empresaria jogadores e é dono de uma franquia da Escolinha Meninos da Vila, do Santos.

William - Titular no segundo jogo da final, o centroavante foi para a Ásia, voltou e saiu do Peixe em 2005. Passou por diversos clubes, onde foi artilheiro em diversos lugares, e em 2017 defendeu Água Santa e no Náutico. Ano que vem jogará no Taboão da Serra. 

Douglas -  Revelado no Santos, Douglas ficou no Santos até 2005, fazendo o gol mil do clube em Campeonatos Brasileiros. Atuou boa parte da carreira fora do Brasil e no ano passado esteve no Bangkok, da Tailândia.

Emerson Leão - Polêmico treinador, Leão, se redimiu no Santos de 2002 após passagem pela Seleção. Chegou a comandar o Peixe novamente em 2008, mas sem sucesso. Também passou por diversos grandes. Parou de trabalhar como técnico e hoje é comentarista no Esporte Interativo.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Instagram

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações