terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A Copa Merconorte

Por Lucas Paes

O Atlético Nacional no título em 2000: o clube também venceu a Copa Merconorte de 1998

Atualmente, a América do Sul conta com três torneios de clubes: a tradicionalíssima e importante Copa Libertadores, a Copa Sul-Americana, que nas últimas edições atingiu um bom retorno, e a Recopa Sul-Americana, envolvendo os campeões das duas competições citadas do ano anterior. Porém, no passado, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) tentou implantar diversos campeonatos na região e entre eles está a Copa Merconorte, disputada paralelamente à Copa Mercosul, entre 1998 e 2001.

Com a criação da Copa Mercosul, a ser disputada no segundo semestre, que envolvia os times dos países do bloco econômico formado por Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile, as equipes de Colômbia, Bolívia, Venezuela, Equador e Peru tiveram que ter algo semelhante para jogarem no mesmo período. Porém, o nome Merconorte era apenas uma espécie de trocadilho, já que nunca houve um bloco econômico de tal nome. Vale ressalta que nos anos de 2000 e 2001, foram convidadas também equipes do México, Costa Rica e Estados Unidos.

America de Cali foi o campeão em 1999

O critério de classificação para a competição era a audiência de televisão e não posição na tabela de um torneio, assim como na Mercosul. Por vezes, isso tornou a competição fraca tecnicamente. A diferença entre os times da Colômbia em relação aos de outros países prevaleceu e o torneio foi vencido nas quatro vezes por times Cafeteros. 

Nas duas primeiras edições, houveram 12 participantes e nas duas últimas 16. As equipes eram distribuídas em grupos de 4 times. Nas duas primeiras, classificavam-se os três primeiros colocados de cada grupo e o segundo colocado de melhor campanha para as semifinais. Nas duas últimas, obviamente, classificavam-se os quatro líderes dos grupos. 

O Millonarios venceu a última edição, em 2001

Em 1998, o campeão foi o Atlético Nacional, vencendo o Deportivo Cali na final. No ano seguinte, o América de Cali foi campeão em cima do Independiente de Santa Fé, nos pênaltis. Em 2000 o título foi de novo dos Verdalogas, que bateram o Millonarios na decisão. Só que o time azul de Bogotá, que já teve Alfredo Di Stéfano vestindo sua camisa, foi campeão da última edição, vencendo o equatoriano Emelec nos pênaltis, na única final em que um time não colombiano esteve.

Apesar da não participação de equipes argentinas, um jogador do país foi artilheiro na primeira edição: Juárez foi um dos cinco artilheiros da edição de 1998. A Colômbia foi também o país com mais artilheiros do torneio, seguido por Equador e Venezuela.

A decisão da primeira edição, em 1998

Em 2001, a Merconorte teve sua última edição. Sem conseguir botar em prática o plano da Copa Pan-Americana, a confederação criou a Copa Sul-Americana, que começou a ser disputada em 2002, dando um fim definitivo tanto na Mercosul como na Merconorte. Aliás, o continente há teve uma competição com regulamento muito semelhante à atual Copa Sul-Americana, pelo menos no critério de classificação para o torneio: a Copa Conmebol, que foi disputada entre os anos de 1992 e 1999.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações