terça-feira, 21 de novembro de 2017

Santos 11 x 0 Botafogo RP - Em 1964, oito gols de Pelé no mesmo jogo

O antigo placar da Vila Belmiro apontava a goleada do Santos FC

Estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro. Em um sábado chuvoso, mais precisamente no dia 21 de novembro de 1964, o Santos FC encarava o Botafogo de Ribeirão Preto, por mais uma rodada do Campeonato Paulista. Em um dia iluminado, o Peixe fez incríveis 11 a 0!!! Só Pelé marcou oito vezes, o seu recorde pessoal.

A verdade é que o Santos entrou naquele dia com muita vontade de jogar. No primeiro turno, em Ribeirão Preto, o Peixe foi derrotado pelo Botafogo por 2 a 0. A vontade de vingar a derrota era grande. Além do Rei goleador também marcaram Pepe, Coutinho e Toninho Guerreiro. O detalhe maior é que o gol marcado pelo ponta-esquerda Pepe foi olímpico e não recebeu o merecido destaque da imprensa, que enalteceu apenas os oito gols de Pelé.

O “Pantera da Mogiana”, apelido do time botafoguense, era dirigido pelo técnico Osvaldo Brandão, o popular “Caçamba” que depois da goleada sofrida pediu demissão do cargo e foi dirigir a equipe do Corinthians, que depois sofreu impiedosamente. Foi goleado, no dia 5 de dezembro de 1964, no Pacaembu, pelo placar de 7 a 4, com o Rei marcando quatro e Coutinho três gols.

A imprensa destacou o feito de Pelé naquele 21 de novembro. O jornal A Gazeta Esportiva, no dia seguinte, publicou na primeira página a seguinte manchete: "'SACI' da Vila marcou oito gols! Pelé superou Fried depois de 35 anos".

Jornal no dia seguinte

Antes do Atleta do Século atingir essa marca fantástica de gols em uma só partida, o maior goleador do time santista era Araken Patusca, que marcou sete gols na vitória de 12 a 1 diante do CA Ipiranga da capital, na Vila Belmiro pelo campeonato paulista. Araken Patusca em homenagem ao Rei escreveu a ele a seguinte carta:

“Pelé você me suplantou. Você me venceu. Você marcou 8 tentos numa partida oficial de campeonato. Eu marquei 7. Meus olhos se turvaram. Eram lágrimas que os umedeciam, e que traduziam não a amargura pela perda de um recorde de 37 anos, mas que eram, e isso sim, o testemunho de uma recordação".

O recorde de gols em uma só partida no Brasil, do eterno Rei Pelé durou até o ano de 1976 sendo superado por Dário, o Dadá Maravilha, que marcou 10 gols na vitória do Sport Recife contra o Santo Amaro. Antes, o recorde do Rei tinha sido igualado por Jorge Mendonça, que marcou oito gols na vitória do Náutico contra o mesmo caixa de pancadas que atende pelo nome de Santo Amaro, no estado de Pernambuco.

Reportagem de 2014 sobre o feito

Ficha Técnica
SANTOS FC 11 X 0 BOTAFOGO RP

Data: 21 de novembro de 1964
Local: Vila Belmiro - Santos-SP
Público: 9.437 pagantes
Renda: Cr$ 14.210.800,00
Árbitro: Carlos Drumond da Costa

Gols
Santos FC: Pelé aos 3min, aos 8min, aos 16min, aos 38min e aos 40min, Pepe aos 19min e Coutinho aos 25min do primeiro tempo; Pelé aos 25min, aos 27min e aos 28min e Toninho Guerreiro aos 45min do segundo tempo.

Santos FC: Gilmar; Ismael, Modesto, Haroldo e Geraldino; Lima e Mengálvio; Toninho, Coutinho, Pelé e Pepe - Técnico: Lula

Botafogo RP: Galdino Machado; Ditinho, Élio Vieira e Tiri; Carlucci e Maciel; Zuino, Alex, Antoninho, Adalberto e Gazze - Técnico: Oswaldo Brandão
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações