quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Os rebaixamentos do Milan no Campeonato Italiano

Por Lucas Paes 

Elenco do Milan que foi rebaixado na temporada 1981/1982 do futebol italiano

Um dos maiores times do Mundo, o Milan é uma potência no futebol. Apesar de não estar um bom momento atualmente, os Rossoneros, a segunda equipe que mais conquistou o Campeonato Italiano, empatado com a rival Internazionale e perdendo para a Juventus, já viveram situações piores, como nos rebaixamentos de 1980 e 1982.

Na Itália, só a Juventus e a Inter nunca caíram por posição na tabela. Porém a equipe nerazzurra de Milão tem uma virada de mesa em 1922, quando ela foi salva pela federação italiana, que rebaixou o Chievo. Já a Juve jogou a segunda divisão na temporada 2006/2007 depois de estar envolvida em escândalo de manipulação de resultados, junto com Fiorentina e Lazio (nesta, a punição do Milan foi perder 30 pontos na temporada seguinte, mas não foi rebaixado). Os Rossoneros têm histórias relacionadas em seus dois descensos, porém apenas um foi por posição na classificação.

A primeira queda veio em 1980. Naquela temporada, o Diavolo terminou em terceiro lugar. Porém, pouco depois do fim da temporada, descobriu-se o esquema Totonero, onde jogadores aceitaram suborno de dois comerciantes romanos para manipular resultados.

Milan rebaixado em 1980 no caso "Totonero"

Milan e Lazio foram punidos com a queda a Série B e houveram até times da segunda divisão envolvidos. Carrasco do Brasil em 1982, Paulo Rossi foi um dos jogadores punidos e só jogou a Copa do Mundo porque sua punição foi reduzida de três para dois anos. Outro jogador famoso punido foi Albertosi, que depois de algum tempo acabou suspenso em definitivo.

A equipe de Milão voltou como campeã, mas o golpe do rebaixamento foi duro para um clube que já penava. Numa crise cada vez pior, a volta do Milan foi brevíssima, voltando a cair na sua primeira temporada de volta, desta vez dentro de campo. 

Com sete vitórias, dez empates e treze derrotas, o Rossonero ficou na 14ª posição entre 16 times. O ataque foi o segundo pior da Série A, marcando 21 gols, à frente apenas do Como, com 18. Apesar dos 31 gols sofridos não serem muito, a inoperância ofensiva rebaixou o time.

Vitória contra o Genoa não tirou o Milan da degola em 1982

O curioso é que o rubro-negro milanês até ganhou um título internacional na mesma temporada do descenso. A Copa Mitropa nos anos 1980 era como uma Liga dos Campeões dos times da segunda divisão. O título virou e é até hoje motivo de piadas dos rivais. 

Na temporada 82/83, o acesso veio com outro título. Mas o Milan só voltou a ver horizontes de glórias após ser comprado pelo magnata Silvio Berlusconi. Entre 83 e 86 o Diavolo viveu no meio da tabela. A partir da chegada de Silvio, veio o período mais glorioso da história milanista, começando a partir do lendário "Milan dos holandeses." 

Nos anos mais recentes, as incertezas voltaram e o clube com mais títulos internacionais na Bota tem vivido no meio de tabela. Adquirido recentemente por um grupo de chineses, os investimentos ainda não renderam dentro de campo, e mesmo que um terceiro descenso seja impossível, a falta de protagonismo incomoda.

Milan 1, Cavese 2: uma das poucas derrotas na Série B

Nem mesmo o recente título da Supercopa Italiana, em 2016, melhorou os ventos. O Milan ainda espera a volta dos tempos de glória, torcendo para nunca mais viver a queda para a Série B.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações