sexta-feira, 17 de novembro de 2017

O King Kazu no Santos FC

Por Mateus Dannibale

Kazu, pelo Santos FC, em ação contra o Noroeste, na Vila Belmiro

Kazu Miura nasceu em 26 de fevereiro de 1967 em Shizuoka no Japão. Como o futebol japonês, no início dos anos 80, não era tão desenvolvido como hoje, Kazu, filho de um empresário milionário, teve ajuda do pai, que resolveu apostar no talento de seu filho investindo em sua carreira.

Aos 15 anos de idade desembarcou em terras brasileiras para tentar a vida de jogador, começou nas categorias de base do Juventus, time paulistano no qual se profissionalizou aos 18 anos de idade. Tornando-se o primeiro japonês a jogar profissionalmente no Brasil.

Em 1986, Kazu acaba vindo parar no Santos Futebol Clube. Porém, com base do elenco que dois anos antes havia ganhado o Campeonato Paulista e com bons jogadores como, Rodolfo Rodrigues, Carlos Alberto Seixas e Cesar Sampaio, Kazu acaba tendo poucas oportunidades no clube da baixada, sendo emprestado para o Palmeiras.

Com o time do Peixe, é o último agachado

O jogador ainda rodou por vários locais do Brasil, atuando pelo Matsubara, CRB, Xv de Jaú e Coritiba, sendo que nos dois últimos teve grande destaque, principalmente no Coxa, onde ganhou o campeonato estadual de 1989.

Em 1990, Kazu retorna ao time da Vila Belmiro, agora com 23 anos, já rodado por diversos clubes do país e mais adaptado ao futebol brasileiro. O técnico da época era José Macia, o Pepe, e o time contava com Serginho Chulapa e Cesar Sampaio, entre outros. Porém, o Santos, na época, não fazia grandes contratações por problemas econômicos.

Mesmo diante de tudo isso, Miura começa a se destacar fazendo bons jogos e logo foi caindo nas graças da torcida santista, principalmente após um jogo realizado no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, no dia 29 de Abril de 1990. Contra o rival Palmeiras, onde o jogo terminou 2 a 1 para o Peixe, além da bela atuação, Kazu marcou um golaço, ganhando assim o apelido de “O exterminador verde”.

Gols de Kazu no Brasil

Antes do término do Campeonato Paulista, Kazu Miura assinou com o clube japonês Yomiuri, voltando assim para seu país de origem, pois o futebol nipônico começava a crescer, implantando o profissionalismo ainda na primeira metade da década de 90. O jogador tornou-se um dos primeiros grandes ídolos da J-League e ficou conhecido no Japão como King Kazu.

No Santos, ele jogou 35 partidas e marcou quatro gols. Kazu também atuou pelo Genoa, da Itália, sendo o primeiro japonês na elite do calcio. Sem ter disputado uma Copa do Mundo (ele se machucou antes do Mundial de 1998, o primeiro da história do Japão), em 2012, aos 45 anos, se juntou à Seleção Japonesa de Futsal para jogar o Mundial da modalidade.

Em 2017, Kazu, com 50 anos de idade, ainda atua pelo Yokohama FC, na J-League 2, a segunda divisão do futebol japonês. Nisto, ele bateu o recorde mundial tornando-se o jogador mais velho a marcar gol por uma equipe profissional.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações