segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Pelé no New York Cosmos

Por Lucas Paes

Pelé no Cosmos: dois anos de genialidade nos Estados Unidos

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, considerado o Rei do Futebol, completa neste dia 23 de outubro, 77 anos. Além do inesquecível período no Santos FC e na Seleção Brasileira, onde ele conquistou todos os títulos possíveis, o Rei também jogou dois anos no New York Cosmos.

Após um bom tempo de especulações, o Cosmos anunciou a aquisição do Atleta do Século no dia 10 de junho de 1975, após oito meses de inatividade do jogador. Cinco dias depois, o Estádio Downing, em Nova Iorque foi o local da estreia do Rei, contra o Dallas Tornados. Com as arquibancadas lotadas e uma audiência histórica na TV, Pelé deu uma assistência e marcou um gol no empate por 2 a 2.

Deixando o adversário no chão

A partir dali, seriam dois anos no time novaiorquino. Um total de 106 partidas e 64 gols. A contratação dele era parte de um projeto de popularização do futebol nos EUA através da NASL, que além de Pelé, tinha nomes como Neeskens, Gerd Muller, Advocar, entre outros.

Além do Rei, o Cosmos trouxe outros grandes nomes, como Carlos Alberto Torres e Beckenbauer. Porém, foi só em 1977 que o Cosmos do Rei Pelé levou o troféu. Antes, a equipe havia morrido nos play-ofs. A conquista serviu para fechar com chave de ouro a carreira do Rei.

Comemorando gol no Cosmos

A despedida final de Pelé foi em um amistoso entre Santos e Cosmos, em Nova Iorque. Com presenças como a de Muhammad Ali no Estádio, o Atleta do Século jogou um tempo em cada lado, marcando um dos gols dos americanos, que venceram por 2 a 1.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações