segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Grêmio em 1991 - Das alturas ao rebaixamento

Por Mateus Dannibale

Chiquinho faz o único gol do Grêmio, no jogo contra o Botafogo que decretou o rebaixamento

Quando um time grande fica na briga para sair da zona de rebaixamento, sempre fazem perguntas se a equipe vai cair ou não, o que é o caso do São Paulo neste Brasileiro de 2017. Nos anos 80 e 90, alguns times também correram o risco, mas era comum ter a famosa 'virada de mesa' e rebaixamento ser simplesmente ignorado. Em 1991, o Grêmio foi rebaixado e, por surpresa na época, jogou a Série B no ano seguinte.

O Campeonato Brasileiro de 1991, vencido pelo São Paulo (o terceiro da agremiação) em uma final com a grande sensação da época, o Bragantino. Mas o grande fato curioso desta edição não foi o Massa Bruta e sim o Tricolor Gaúcho, que apesar de vir de boas campanhas nos anteriores (em 1990 foi o terceiro, por exemplo) e ser apontado como um dos favoritos, acabou caindo.

Detalhe para a reportagem que previa uma possível 'virada de mesa'

A equipe, no papel estava longe de ser ruim, pois contava com alguns jogadores com passagens pela seleção, como Assis (irmão de Ronaldinho Gaúcho), Maurício e Nilson, além de atletas com certo nome, como os meias João Antônio e Mabília e o goleiro Gomes. Mas, dentro de campo, o time 'não deu liga' e foi um fracasso.

Em 19 jogos, o Grêmio somou apenas 12 pontos (vale lembrar que, na época, a vitória valia apenas dois pontos). Foram míseras três vitórias, seis empates e dez derrotas. O time fez apenas 15 gols e tomou 24, sendo que apenas o Vitória foi pior na competição, ficando na lanterna pelo saldo de gols.

Capa do Correio do Povo

O time cravou seu rebaixamento em partida contra o Botafogo, no Estádio Caio Martins, em Niterói (o Fogão mandava seus jogos por lá na década de 90) no dia 19 de maio. O time da Estrela Solitária, naquela ocasião, contava com três ex-gremistas: o treinador Valdir Espinosa, o uruguaio Hugo de León e o lateral Paulo Roberto (todos campeões intercontinentais pelo Tricolor Gaúcho em 1983). Pois o Botafogo fez 3 a 1 e decretou o rebaixamento do Grêmio.

Algumas outras curiosidades sobre o campeonato de 1991: o artilheiro neste ano foi Paulinho Mclaren (Santos) com 15 gols; os melhores ataques do campeonato foram do Fluminense e Atlético Mineiro com 28 gols; e as melhores defesas foram de São Paulo e Bragantino sofrendo, apenas 14 gols.

No segundo semestre, o Grêmio perdeu a Copa do Brasil para o Criciúma

Já o Grêmio, no segundo semestre de 1991, trouxe Renato Gaúcho por empréstimo, mas perdeu as finais do Gauchão (para o Internacional) e da Copa do Brasil (para o surpreendente Criciúma). No ano seguinte, a Série B previa o acesso de 12 equipes (isto mesmo) para a elite, que em 1993 teria 32 equipes. É claro que isto foi para favorecer o Grêmio (se não houve virada de mesa no rebaixamento, teve uma ajuda para o acesso). O Tricolor ficou em nono e nem disputou as finais, sendo que o título ficou para o Paraná Clube. Vale ressaltar que em 2004 o Grêmio voltou a ser rebaixado.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações