quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Da segundona ao título - Central Español campeão uruguaio de 1984

Por Mateus Dannibale

A equipe que conquistou o título em 1984

Em 30 de setembro de 1984, estampava-se nos jornais uruguaios um fato inédito no futebol: o Central Español era, pela primeira vez, campeão da primeira divisão do campeonato uruguaio. O time que havia chegado da segunda divisão em 1983, manteve sua base para jogar no ano seguinte. O goleiro Hector Tujo, que seria o menos vazado no torneio, e o goleador José Luis Villarreal foram as espinhas dorsais da equipe campeã uruguaia.

O campeonato daquele ano foi jogado em dois turnos, onde todos se enfrentavam. Eram treze equipes disputando a competição, somando assim 24 partidas ao todo. O Central Español fez uma grande campanha, com 35 pontos (lembrando que na época a vitória valia apenas dois pontos), sendo 13 vitórias, nove empates e apenas duas derrotas.

O time do Central não começou bem o campeonato, perdendo para o Bella Vista na estreia. Consegue se recuperar contra o Miramar Misiones, e, sem seguida, adiciona dois empates, diante de Danubio e Rampla. O time só retoma folego quando quando vence cinco partidas seguidas: Sud America, Montevideo Wanderers, Huracan Buceo, Bella Vista e Miramar.

Foram apenas duas derrotas em 24 jogos

Com as vitórias vindo, time e torcida passaram a acreditar que poderiam lutar por algo mais importante, ao invés de apenas em permanecer na divisão principal. Após a série de triunfos, o Central Español assume a liderança do campeonato, e segue lá até o fim para sagrar-se campeão ao final da temporada.

A cada dia que o campeonato se aproximava do fim, os olhos de torcedores iam enchendo de lagrimas e o coração ia batendo mais forte. As quatro últimas partidas eram um sonho se tornado realidade. O time ainda ganha do Defensor, Sud America e faz um dos jogos mais emocionantes do ano, enfrentando o Montevideo Wanderers, em uma vitória por 5 a 4.

Gols da 10ª rodada

Na última partida recebeu o Huracán Buceo, o famoso 30 de setembro na qual conquistou o título, após vitória por 2 a 1, com dois gols do goleador Villarreal, que foi o artilheiro do ano com 18 gols marcados. Héctor Tuja; César Pereira, Carlos Boats, Obdulio Trasante e Fernando Operti; Abel Tolosa, Miguel Del Rio e Oscar Falero (Wilfredo Antúnez); Uruguai Gussoni, José Villarreal, Daniel Viera foram os escolhidos naquela tarde gloriosa.

Naquele ano, o Central Español fez como o Defensor em 1976 e voltou a girar a história do futebol uruguaio desacostumado a situações como essa, onde Peñarol e Nacional dominam todo o cenário.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações