quarta-feira, 4 de outubro de 2017

A ascensão do Libertad

Por Lucas Paes

O Libertad foi o campeão do Torneio Apertura 2017 (Foto: AFP Paraguai)

Fundado em 1903, o Libertad é um dos clubes mais antigos do Paraguai. Porém, apesar da idade, o alvinegro não era tão forte até recentemente. Antes de 2000, o Gumalero tinha oito títulos nacionais e um rebaixamento na sua conta. Porém, a partir do início do século 21, a maré virou e o time se tornou o mais forte do Paraguai. Depois justamente de conquistar o título da segundona do país.

A partir de 2002, quando voltou a conquistar o título depois de 26 anos, o Libertad empilhou 12 conquistas nacionais. Recentemente, conquistou o Torneio Apertura. No Clausura, o começo não é muito bom, mas os Repoileros estão entre os favoritos ao título.

Em campos sul-americanos, o alvinegro ampliou o número de participações em Copa Libertadores, sendo semifinalista da competição em 2006, perdendo para o campeão Internacional. O time também chegou a semifinal da sul-americana em 2013, também derrotado pelo campeão (Lanús). Das 17 participações em Libertadores, 14 ocorreram a partir de 2003.


Libertad campeão em 2002 (Foto: Conmebol)

Uma das primeiras explicações da acensão do Libertad acontece na queda brusca de outro time. Um dos maiores clubes da América do Sul, o Olímpia viveu o inferno depois de vencer a Copa Libertadores em 2002 e ficou muitos anos sem conquistas. No campeonato nacional, o Decano ficou entre 2000 e 2011 sem levantar uma taça. Chegou inclusive a terminar na última colocação por dois anos seguidos, não caindo por causa do promédio.

Além disso, houve uma mudança na postura da direção desde o começo do novo milênio, com o clube se tornando cada vez mais exemplo para outras equipes do país. O Libertad também se beneficia de saber jogar como poucos o formato de campeonato de pontos corridos, se dando muito melhor neste sistema do que os outros grandes clubes do país. Ainda assim, dois dos 12 títulos foram conquistados em finais (2002 e 2003). 

Também há um trabalho nas categorias de base. O Gumalero passou a formar jogadores e é o clube que mais cede atletas para a Seleção Paraguaia nos últimos anos. Ainda que em 2002 fossem poucos da base no time campeão, o número foi aos poucos aumentando. Além das pratas da casa, a certeira contratação de bons jogadores em times menores ajudou, somado muitas vezes a contratação de atletas que voltavam da Europa.

Time do Libertad de 2006

Uma curiosidade é que um dos treinadores mais respeitados no clube é Tata Martino. O Argentino era o comandante do elenco que foi campeão em 2002. Foi bi-campeão no ano seguinte e ainda teve outra passagem, onde conquistou outro título nacional, três anos depois. Atualmente, o comandante da equipe é o espanhol Fernando Jubero, que vem numa clara intenção de modernizar o modelo de jogo utilizado pelo time.

É sabido que Nicolas Leoz, ex-presidente da Conmebol que hoje é investigado por corrupção, é torcedor declarado do clube. O estádio do Libertad leva seu nome e ele foi presidente entre 1968 e 1977, sendo inclusive o presidente no último título antes de 2002 (1976). Apesar disso, ele não teve lá uma grande influência no que o Libertad se tornou, viu de longe a ascenção do time de coração.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações