quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Em 1989, uma bomba de André Cruz dá vitória ao Brasil contra a Itália

Por Lucas Paes

André Cruz comemora o gol da vitória do Brasil naquele amistoso

Em 1989, mais precisamente em 14 de outubro, Brasil e Itália fizeram um amistoso no Estádio Renato Dall’Ara, em Bologna, em preparação para a Copa do Mundo de 1990, que ocorreria justamente no país da Bota. Diante de 33 mil torcedores, lotação máxima do local, a Seleção Canarinho venceu o jogo por 1 a 0, com gol de André Cruz, que completa hoje 49 anos. Este gol foi o único dele com a camisa da seleção principal do Brasil.

A exemplo de muitos clássicos entre brasileiros e italianos, o jogo foi disputado, com nenhuma das equipes conseguindo tirar o zero do placar no primeiro tempo. Aos 25’ da etapa final, André Cruz, jogador da Ponte Preta na época, entrou no lugar de Aldair, fazendo então seu 13º jogo pela seleção. Sete minutos depois, o Brasil teve falta perigosa a seu favor e ele soltou um tirombaço, no ângulo, sem nenhuma chance para o lendário goleiro Walter Zenga.

O Brasil que fez o jogo citado

A equipe da casa não conseguiu reagir e o placar acabou ficando mesmo em vitória brasileira. O gol deu certo status a André, que conseguiu transferência para o Flamengo no ano seguinte e passou a atuar mais regularmente na Seleção. Porém, um verdadeiro baile que o zagueiro tomou de Bebeto, em um clássico contra o Vasco, acabou sendo determinante para a sua não convocação para a Copa do Mundo de 1990.

Na Copa do ano seguinte, o Brasil de Sebastião Lazaroni faria uma das campanhas mais decepcionantes do país em Copas do Mundo, enquanto a Azzurra, com um surpreendente e iluminado Schillaci, caíria na semifinal diante da Argentina, numa partida histórica de Goycochea.

A Seleção Italiana

André Cruz esteve durante 10 anos vestindo a camisa canarinho. Entre 1988 e 1998, foram 33 jogos pela Seleção. Ficou, porém, seis anos, entre 1989 e 1995, sem jogar pelo país. Ele foi campeão da Copa América de 1989, além de medalhista na Olimpíada de Seul em 1988 (Prata) e medalhista no Pan Americano de 1987 (Ouro). Fez parte da delegação do time vice-campeão em 1998, ainda que sem jogar nenhuma vez. 

Na carreira como jogador, André teve passagens boas por times brasileiros, como Ponte Preta, onde começou, Flamengo, Inter e Goiás. Virou ídolo na Bélgica, no Standard de Liege e teve boa passagem pelo Napoli e pelo Sporting, além de vestir a camisa de Milan e Torino. Encerrou a carreira em 2004, no Goiás.

Veja como foi o gol de André Cruz

Ficha Técnica
ITÁLIA 0 x 1 BRASIL

Data: 14 de Outubro de 1989
Local: Estádio Roberto Dall’Ara – Bologna (Itália)
Árbitro: Helmt Kohl (Áustria)
Assistentes: Friedrich Kaupe e Kaple (Austria)

Cartão Amarelo
Brasil: Dunga

Gol
Brasil: André Cruz, aos 32’ do segundo tempo 

Itália: Zenga; Bergomi, Ferri (Ferrara), Baresi, De Agostini; De Napoli, Berti, Baggio, Giannini (Fusi); Carnevale, Vialli - Técnico: Azeglio Vicini

Brasil: Taffarel; Aldair (André Cruz), Mauro Galvão, Ricardo Rocha; Jorginho, Dunga, Alemão (Geovani), Silas (Tita), Mazinho. Muller e Careca - Técnico: Sebastião Lazaroni
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações