quarta-feira, 27 de setembro de 2017

De novo, a interferência externa decidindo um jogo no futebol brasileiro

Por Lula Terras

Sandro Meira Ricci voltou atrás em uma marcação por pênalti

Na rodada do último final de semana do Campeonato Brasileiro da Série A, mais uma vez surgiu a hipótese da interferência externa ter influenciado no resultado de uma partida. Depois do jogo entre Santos e Flamengo, na Vila Belmiro, pela Copa do Brasil, que ficou evidente este tipo de interferência, no jogo entre Sport Recife e Vasco da Gama, disputado na Ilha do Retiro, que terminou no empate em 1 a 1, aconteceu caso semelhante.

A desmarcação de um pênalti, pelo árbitro Fifa, Sandro Meira Ricci, que favoreceria o time pernambucano, depois de ouvir o 4° árbitro do jogo, trouxe de novo o debate sobre a legalidade ou ilegalidade da interferência externa para a mudança de decisões, independentemente de ter havido ou não a infração. Para qualquer pessoa, em sã consciência, fica difícil de acreditar que, realmente este 4° árbitro tenha visto a irregularidade. 

A colocação do 4° árbitro, durante a partida, na área externa do campo de jogo, e sempre, com muita gente em volta, só aumenta a desconfiança de que, alguém tenha passado a informação ao cidadão, que a repassou ao árbitro principal. Mesmo tendo esta desconfiança, nem pensar em fazer uma acusação, sob o risco de ser punido, como aconteceu com o presidente do Santos. Para os brilhantes juristas do Tribunal, pouco importa que tenha havido interferência e nem existe a preocupação de descobrir o autor. Importa sim, que os atingidos tem que absorver o prejuízo causado e, sob hipótese alguma fazer uma denúncia sem provas.

Para concluir, me dou o direito de parabenizar ao Quadro de Árbitros da CBF, que é o único invicto na atual temporada do Brasileiro da Série A, não passou um jogo sequer, sem cometer falhas, algumas até bem gritantes.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações