quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Torcedores fazem documentário sobre o grande time da Lusa dos anos 50

O grande time Rubro Verde é tema de documentário feito por torcedores

O time que foi base da seleção brasileira, derrotou o campeão inglês, calou a torcida do Atlético de Madri, superou um esquadrão comandado por Di Stéfano e ficou marcado como o primeiro estrangeiro a atuar na Turquia. ‘Rubro-Verde Espetacular’ traz depoimentos de ex-jogadores que marcaram época vestindo a camisa da Portuguesa na década de 1950, além de ouvir historiadores, jornalistas e torcedores que acompanharam essas façanhas de perto. Um esquadrão formado por Julinho Botelho, Djalma Santos, Pinga e Brandãozinho.

Entre os entrevistados do documentário estão três craques remanescentes daquela equipe: Atis, Orestes e Genê. O filme conta com depoimentos do jornalista e comentarista esportivo Orlando Duarte, que acompanhou aquela equipe tanto nas arquibancadas quanto à beira do gramado. Mario Americo Netto - neto do massagista Mario Americo - e Carlos Botelho - filho do craque Julinho Botelho - também estão no elenco. O plantel de entrevistados ainda tem o torcedor Vital Vieira Curto e o memorialista Pedro Boscato.

'Rubro-Verde Espetacular' foi lançado no dia 27 de janeiro de 2017, no Teatro Gamaro, na Mooca, em São Paulo. A sessão contou com a presença de mais de 300 pessoas. O evento foi marcado por homenagens aos ex-jogadores ainda vivos e aos familiares daqueles que fizeram parte do histórico esquadrão. O presidente da Portuguesa, Alexandre Barros, também esteve no lançamento e prestou um tributo aos que participaram daquelas conquistas.

Com o apoio oficial da Lusa, o longa-metragem é mais uma produção independente de Cristiano Fukuyama e Luiz Nascimento, torcedores lusitanos que resolveram retratar a história do clube nas telonas mesmo sem patrocínio ou apoio financeiro. Os dois trabalham sozinhos e compõem toda a equipe de produção do Acervo da Bola – marca criada para os filmes e que virou portal. A dupla entrou nessa empreitada há pouco mais de dois anos e já lançou seis produções relacionadas com a Portuguesa: um longa, três curtas e dois nanodocs.

Trailer do documentário

O documentário é uma viagem pelo Brasil da década de 1950, com detalhes de uma São Paulo charmosa e obstinada pelo crescimento, embalado pela magia do rádio e seus locutores esportivos. O filme retrata a construção de um dos principais símbolos da comunidade portuguesa no Brasil, mais especificamente no esporte, e traz um rico material de acervo de fotos, que transporta o espectador ao ambiente da época. As longas viagens de avião, as dificuldades com a língua e a surpresa com a primeira vez no exterior são pontos altos do longa-metragem.

Os diretores venceram em 2016 o prêmio de melhor longa-metragem do CINEfoot (festival brasileiro de cinema de futebol) com o filme 'Ivair – O Príncipe do Futebol’.

Exibição - Museu do Futebol do Estádio do Pacaembu, em São Paulo, realizará neste sábado, dia 19 de agosto, a partir das 14 horas, o encontro “Lusa: passado, presente e futuro”, em comemoração aos 97 anos da Associação Portuguesa de Desportos. Proposto por torcedores apaixonados, a programação será realizada em parceria com o Acervo da Bola e o Museu Histórico da Portuguesa. O objetivo é debater a atual situação do clube, relembrar a história de conquistas e lançar perspectivas para o futuro.

O evento será aberto com a exibição do documentário ‘Rubro-Verde Espetacular’ e depois haverá uma rodada de debates com a presença de torcedores, ex-jogadores, como Badeco, jornalistas e escritores que já produziram conteúdos sobre a Lusa. A entrada é franca!
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações