domingo, 6 de agosto de 2017

Timão campeão paulista de 1995

Com informações da Federação Paulista de Futebol (FPF)

Em pé: Bernardo, Célio Silva, Henrique, André Santos e Ronaldo;
Agachados: Silvinho, Marcelinho Carioca, Zé Elias, Marques, Viola e Souza.

Há 22 anos, no dia 06 de agosto de 1995, o Corinthians vencia o Palmeiras por 2 a 1 e ficava com o título do Campeonato Paulista daquele ano. Após um empate por 1 a 1 no jogo de ida, a equipe alvinegra tinha a vantagem de empatar para ser campeão, e ao final do jogo conquistou o seu 21º título estadual.

A primeira fase consistia em 16 equipes, sendo que os sete primeiros se classificavam para a fase seguinte, assim como o vencedor da também primeira fase da Série A2, que seria promovido para a elite paulista e disputaria a fase final de 1995.

Ao final da fase inicial, Portuguesa ficou em primeiro, seguido por São Paulo, Santos, Palmeiras, Guarani, Corinthians e União São João, todos classificados para a próxima etapa ao lado do Mogi Mirim, que havia sido campeão da A2.

Mesmo com essa barreira, o corintiano acertou o ângulo

Na fase final, o Palmeiras foi o primeiro do Grupo 1 com 12 pontos e invicto, tendo três vitórias e três empates em seis jogos, se classificando para a final e deixando para trás Mogi Mirim, São Paulo e Guarani. Assim como o time alviverde, o Corinthians também garantiu a sua vaga para a final do campeonato ao ser o líder do Grupo 2 com 16 pontos e também sem perder, tendo cinco vitórias e um empate.

Finalíssima - As duas partidas da final foram realizadas no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, por causa das interdições de Pacaembu e Morumbi, e o jogo de ida, com o mando de campo do Palmeiras, terminou com um empate por 1 a 1, com gols de atacante Nílson e do meio-campista Marcelinho Carioca.

Marcelinho comemorando o belo gol de falta

Na partida de volta, realizada no dia 06 de agosto e que decidiria o campeão paulista de 1995, aos 11 minutos do primeiro tempo, após passe de Rivaldo, Nílson, que havia substituído Alex Alves ao decorrer da partida, chutou rasteiro e cruzado para abrir o placar para o time alviverde, que naquele momento estava se tornando campeão.

Minutos depois, aos 15, em cobrança de falta perfeita próximo a meia lua, Marcelinho empatou a partida colocando a bola no ângulo direito do goleiro Velloso, resultado que levaria o jogo para os dois tempos adicionais de 15 minutos.

Na prorrogação, o empate tornaria o Corinthians campeão paulista, e faltando dois minutos para o apito final, depois de cobrança de falta rebatida na área alviverde, Viola tocou para Tupãzinho, que rolou para o meia Elivélton, que havia entrado no lugar do atacante Marques, chutar alto e cruzado para assegurar o troféu estadual para o time do Parque São Jorge.

Melhores momentos

Ficha Técnica
CORINTHIANS 2 X 1 PALMEIRAS

Data: 6 de agosto de 1995
Local: Estádio Santa Cruz - Ribeirão Preto-SP
Árbitro: Remi Harrel (FRA)

Gols
Corinthians: Marcelinho, 15' do 2º tempo, e Elivélton, 14' do 2º tempo da prorrogação
Palmeiras: Nílson, 11' do 2º tempo

Corinthians: Ronaldo; André Santos (Vítor), Célio Silva, Henrique e Silvinho; Zé Elias, Bernardo, Marcelinho e Souza (Tupãzinho); Viola e Marques (Elivélton) - Técnico: Eduardo Amorim.

Palmeiras: Velloso; Índio, Antônio Carlos, Cléber e Roberto Carlos (Flávio Conceição); Amaral, Mancuso, Edílson (Válber) e Rivaldo; Alex Alves (Nílson) e Muller - Técnico: Carlos Alberto Silva.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações