domingo, 6 de agosto de 2017

Santos vence Briosa no Clássico das Praias pela Copa Paulista

Fotos: Lucas Paes

Mesmo jogando em seus domínios, a Briosa saiu derrotada no Clássico das Praias

Depois de 16 anos, finalmente o Santos FC vence o Clássico das Praias válido por alguma competição. Jogando no Estádio Ulrico Mursa, pela Copa Paulista, o Peixe bateu a Portuguesa Santista por 2 a 0, gols de Diego Cardoso. O último triunfo em jogos oficiais do Alvinegro sobre a equipe Rubro Verde foi em 2001, pelo Paulistão, e na casa da Briosa havia sido em 1997.

As duas equipes não vinham fazendo uma boa campanha na competição. A Portuguesa Santista tinha feito apenas dois pontos e não havia conseguido vencer. Já o Peixe, com cinco pontos, vinha um pouco melhor, mesmo jogando com seu time sub-23, chamado também de "B". Porém, a expectativa no jogo era grande, já que a última vez que as duas equipes se enfrentaram foi em um amistoso, no Pacaembu, em 2009.

Mesmo jogando no campo do adversário, o Santos começou mandando na partida, principalmente com jogadas rápidas. Já a Briosa, que tinha a volta dos atacantes Lucas Lino (este no banco, a princípio) e Fernando, que estavam emprestados ao São Bernardo FC, abusava dos contra-ataques, mas não conseguia finalizar as jogadas.

Bola alçada na área Rubro Verde

O primeiro lance de perigo foi aos 18', quando Marquinhos chutou de direita, assustando Rogério. Dois minutos depois, a rede foi balançada: o arqueiro da Briosa falhou e Diego Cardoso, esperto, roubou a bola e balançou as redes: Santos 1 a 0. Depois do gol sofrido, a Portuguesa cresceu na partida, buscando empatar o placar, abusando das bolas alçadas na área. Porém, o primeiro tempo terminou com a vitória parcial do Peixe.

Na segunda etapa, a Briosa foi com tudo para cima, buscando a igualdade no marcador, pressionando a zaga do adversário. Porém, no primeiro ataque do Santos, saiu o segundo: aos 12 minutos, a defesa Rubro Verde fez falta no ataque do Peixe, mas o árbitro Thiago Luis Scarascati marcou pênalti. Diego Cardoso foi para a cobrança e marcou o segundo dele e do Alvinegro na partida.

Com 2 a 0 de desvantagem no marcador, a Portuguesa Santista foi busca do, ao menos, gol de honra na partida. Porém, o Santos administrava bem a vantagem e ainda assustava em lances como o de Léo, aos 35 minutos, que arriscou chute e obrigou Rogério a fazer grande defesa. Ao fim, vitória do Peixe na casa do adversário.

Os dois times já voltam a campo no próximo final de semana, para a disputa da oitava rodada do Grupo 3 da Copa Paulista. No sábado, o Santos, que foi a oito pontos, foi joga sobre seus domínios, quando recebe o São Caetano no Estádio da Vila Belmiro, às 16 horas. Já no domingo, a Portuguesa Santista recebe a Lusa, às 10 horas, no Ulrico Mursa.

Bruno Sacomani tenta jogada pela direita

Ficha Técnica
PORTUGUESA SANTISTA 0 X 2 SANTOS FC

Data: 6 de agosto de 2017
Local: Estádio Ulrico Mursa
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Diogo Cruz Freire e Fabrini Bevilaqua Costa

Cartões Amarelos
Portuguesa Santista: Rogério, Washington e Bruno Sacomani
Santos FC: Wigor Alan, Diego Cardoso, Rodolfo, Felipe Rodrigues e Sabino

Gols
Santos FC: Diego Cardoso, aos 20' do primeiro tempo (pênalti) e aos 12' da segunda etapa.

Portuguesa Santista: Rogério; Bruno Sacomani, Dema, Lucão e Alexandre Gaúcho (Lucas Lino); Pedro Henrique, Pedro Guimarães, Vinicius Machado e Mario Newton; Washington e Fernando - Técnico: Ricardinho (Balu no banco de reservas)

Santos FC: Preto; Felipe Rodrigues, Rodolfo, Sabino e Patrick; Gregore, Wigor Alan (João Igor), Carlos Alberto (Diogo) e Diego Pituca; Marquinhos e Diego Cardoso (Léo) - Técnico: Kleiton Lima
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações