quarta-feira, 9 de agosto de 2017

O braço de Túlio que ajudou a eliminar a Argentina na Copa América de 95

Túlio dominando a bola com o braço antes de marcar contra a Argentina

Um dos maiores clássicos do futebol mundial, Brasil e Argentina sempre fizeram grandes jogos ao longo da história. E um deles foi, com certeza, no dia 17 de julho de 1995, durante as quartas de final da Copa América daquele ano, no Uruguai. As seleções Canarinho e Albiceleste mostraram um grande futebol no Estádio Atílio Paiva, em Rivera, cidade que fica na divisa brasileira. No outro lado fica o município de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul.

Para chegar no mata-mata, o Brasil terminou a primeira fase na liderança do Grupo B, vencendo Equador (1 a 0), Peru (2 a 0) e Colômbia (3 a 0). Já a Argentina ficou em segundo no Grupo C, ganhando de Bolívia (2 a 1) e Chile (4 a 0), além de um tropeço contra os Estados Unidos (3 a 0). com estes resultados, as duas equipes se cruzaram nas quartas de final.

A noite de 17 de julho de 1995 no Estádio Atílio Paiva foi eletrizante! A Argentina começou melhor na partida e Balbo, depois de bela troca de passes no meio de campo, recebeu na área e bateu no canto esquerdo de Taffarel, abrindo o placar com 3 minutos de jogo. Porém, o Brasil diminuiu seis minutos depois: Roberto Carlos, na esquerda, cruzou rasteiro e Edmundo, com oportunismo, deixou o placar tudo igual.

Porém, como a Argentina estava melhor na partida, conseguiu o segundo gol aos 29 minutos. O grande Batistuta recebeu na área e bateu forte, porém uma bola defensável, mas Taffarel falhou. Com o gol, a Albiceleste, do técnico Daniel Passarella foi para os vestiários, no intervalo, vencendo o jogo por 2 a 1.

Túlio fez o gol que levou a decisão para as penalidades

O jogo estava pegado. Cesar Sampaio, pelo Brasil, e Leonardo Astrada, pela Argentina, foram expulsos. Precisando fazer um gol para, ao menos, levar a partida para as pênalidades, o técnico Zagallo, na segunda etapa, sacou o meia Leonardo, que ajudava na marcação, e pôs o artilheiro Túlio Maravilha, que iria 'aprontar das suas'. Já Passarella passou a trancar o time, tentando segurar a vitória.

Aos 36 minutos, aconteceu o polêmico lance, que até hoje é falado quando há algum jogo entre Brasil e Argentina. Em posição de impedimento, Túlio Maravilha matou a bola com o braço e deu uma cavadinha na saída de Hernán Cristante. O árbitro peruano Alberto Tejada fez um sinal de que a 'pelota' teria sido dominada no peito e validou o gol: 2 a 2 e disputa nas penalidades.

Nas cobranças, André Cruz perdeu para o Brasil, mas Roberto Carlos, Túlio Maravilha, Dunga e Edmundo marcaram. Como para a Argentina só Pérez e Acosta fizeram (Simeone e Fabbri desperdiçaram), a Seleção Canarinho avançou na competição.

O Brasil eliminou os Estados Unidos na semifinal (vitória por 1 a 0) e na decisão foi derrotado pelo Uruguai nas penalidades, em pleno Estádio Centenário, após um empate em 1 a 1 no tempo normal, com gol de Túlio, desta vez de peito.

Melhores momentos da partida

Ficha Técnica
BRASIL 2 X 2 ARGENTINA
Nos pênaltis, Brasil 4 a 2

Data: 17 de julho de 1995.
Local: Estadio Atilio Paiva Olivera – Rivera (URU).
Público: 24.000 presentes.
Árbitro: Alberto Tejada (PER).

Cartões amarelos
Argentina: Néstor Fabbri, Fernando Cáceres, Juan Borrelli e Diego Simeone.

Cartões vermelhos
Brasil: César Sampaio
Argentina: Leonardo Astrada

Gols
Brasil: Edmundo, aos 9' do 1º tempo, e Túlio, aos 36' do 2º tempo
Argentina: Balbo, aos 2', e Batistuta, aos 29' do 1º tempo

Brasil: Taffarel; Jorginho, Aldair, André Cruz e Roberto Carlos; Leonardo (Túlio Maravilha), Dunga, Juninho Paulista e César Sampaio; Sávio e Edmundo - Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo. 

Argentina: Hernán Cristante; Javier Zanetti, Néstor Fabbri, Fernando Cáceres e José Chamot; Leonardo Astrada, Diego Simeone, Ariel Ortega (Hugo Pérez) e Juan Borrelli; Abel Balbo (Alberto Acosta) e Gabriel Batistuta (Roberto Ayala) - Técnico: Daniel Passarella.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações