sábado, 5 de agosto de 2017

Com segundo tempo infernal, Mauaense vira e vence União Mogi

Com a colaboração de Guilherme Borges (informações e fotos)

Vinícius Alemão cobrando pênalti para o Mauaense

Com uma virada monumental, o Mauaense venceu a primeira na segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2017. Jogando no Estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes, o União fez 2 a 0 no primeiro tempo, mas com uma segunda etapa de pressão, a Locomotiva do ABC conseguiu virar o placar para 3 a 2, quebrando uma sequência de sete jogos sem derrota da Serpente do Tietê na competição.

Depois de conseguir a classificação na última rodada da fase inicial, o União Mogi fez cinco pontos nos três primeiros jogos da segunda etapa do torneio (vitória contra o XV de Jaú e empates contra o América e o próprio Mauaense). Já a Locomotiva do ABC estava com apenas dois pontos e precisava da vitória para ainda sonhar com algo no campeonato.

A partida começou equilibrada, muito truncado no meio de campo e com bastante faltas. Aos poucos, o Mauaense foi impondo o seu ritmo e dominando as ações, indo muito ao ataque, mas sem finalizar. Aos 14 minutos, em sua primeira descida, o União abriu o marcador: em falta pela direita, a equipe de Mogi cobrou rápido, Pinguim cruzou pela direita na cabeça de Emerson, que balançou as redes.

União tentando fazer jogada

O gol animou a equipe da casa, que passou a ter mais volume de jogo, atacando mais. Aos 25 minutos, a Serpente do Tietê fez uma bela trama no meio de campo, Luiz Carlos dominou a bola, invadiu a área, driblou o zagueiro e tocou de cavadinha na saída do goleiro Valdemar: 2 a 0 para o União Mogi. Depois do segundo gol, o Mauaense tentou atacar, mas deixou espaços para o contra-ataque do time da casa, mas os 45 minutos iniciais terminaram mesmo com 2 a 0 para o União.

Se o primeiro tempo foi do União, a segunda etapa foi totalmente dominada pelo Mauaense, que com o revés no marcador estava vendo a desclassificação na Bezinha de perto. Aos 10 minutos, em uma disputa de bola na área da Serpente, a bola bateu na mão de um jogador do time da casa e o árbitro Willer Fulgêncio Santos não teve dúvidas: marcou pênalti. Vinícius foi para a cobrança e não desperdiçou, diminuindo a contagem.

O gol abateu ainda mais a Serpente do Tietê, que vinha mal na partida. O Mauaense pressionou e quase empatou aos 14', com o goleiro Vitor fazendo uma grande defesa em finalização de Vinícius. Em seguida, Emerson, do União, acertou uma cotovelada no jogador do Mauaense e foi expulso, deixando o time da casa com 10 homens em campo.

Tentativa de ataque do Mauaense

A vantagem numérica fez a pressão do Mauaense aumentar ainda mais. O União não conseguia sair da defesa e aos 39 minutos veio o empate. Em bola alçada na área, a zaga da Serpente do Tietê cortou mal, a 'pelota' subiu e o goleiro Vitor, de forma estranha, acabou jogando contra o próprio patrimônio: 2 a 2 no marcador do Nogueirão.

O Mauaense se empolgou ainda mais e foi buscar a vitória, já que o adversário, mesmo jogando em seus domínios, não esboçava reação. E o gol do triunfo veio aos 41 minutos: em cobrança de escanteio, o zagueiro Gabriel subiu sozinho e, de cabeça, mandou a bola para as redes. Festa da torcida da Locomotiva no Nogueirão e o placar final de 3 a 2.

Com a vitória, o Mauaense chegou aos cinco pontos e volta à campo no sábado, dia 12, às 15 horas, quando enfrenta o XV de Jaú no Estádio Pedro Benedetti, em Mauá. Já o União, que mesmo com a derrota também continua com cinco pontos, joga novamente em casa também no sábado, só que às 15h30, contra o América de São José do Rio Preto.

Ao final, virada do Mauaense: 3 a 2

Ficha Técnica
UNIÃO MOGI 2 X 3 MAUAENSE

Data: 5 de agosto de 2017
Local: Estádio Nogueirão - Mogi das Cruzes-SP
Árbitro: Willer Fulgêncio Santos
Assistentes: João Petrucio Marimônio de Jesus dos Santos e Leonardo Tadeu Pedro

Cartões Amarelos
União Mogi: Rodrigo, Vitor, David, Vam Baster e Luiz Carlos
Mauaense: Mutton, Jonhson, Gabriel, Rodrigo e Vinícius

Cartão Vermelho
União Mogi: Emerson

Gols
União Mogi: Emerson, aos 14', e Luiz Carlos, aos 25' do primeiro tempo
Mauaense: Vinícius (pênalti), aos 10', Vitor (contra), aos 39', e Gabriel, aos 41' do segundo tempo

União Mogi: Vitor; Felipe, Emerson, William (Miqueias) e Anderson; Luiz Carlos, Vam Baster, Rodrigo (Leonardo) e Kaíque (Renato); Wesley e David - Técnico: Claudio Matosinhos

Mauaense: Valdemar; Samuel, Ronaldo, Gabriel e Johannes; Mutton, Wesley (Kaue) (Jefferson) e Vinícius; Rodrigo, Matheus e Alex Teixeira (Paulo Rogério) - Técnico: Flávio Borelli
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

O Curioso do Futebol

O Curioso do Futebol
Site do jornalista Victor de Andrade e colaboradores com curiosidades, histórias e outras informações do mundo do futebol. Entre em contato conosco: victorcuriosofutebol@gmail.com

Facebook

Twitter

YouTube

Aceisp

Total de visualizações